Cantora gospel é demitida por Aline Barros após assumir homossexualidade e pede R$1 Milhão na justiça

O processo dessa vez foi impetrado pela cantora gospel Rejane Silva Magalhães, que fez backing vocal para Aline Barros durante 10 anos. 

Redação | Publicado em: 30/08/18 às 8:01h Atualizado em 28/01/2019 12:02