Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Pastor

Pastor Silas Malafaia vira réu em processo de improbidade administrativa

O pastor Silas Malafaia está indignado com a decisão da juíza e disse  se tratar de uma "perseguição religiosa"

Caio Rangel | Publicado em: 25/01/19 às 10:37
Pastor Silas Malafaia vira réu em processo de improbidade administrativa
Pastor Silas Malafaia fará

O pastor Silas Malafaiamais uma vez está no centro de uma polêmica e virou réu na ação de improbidade administrativa no qual o ex- prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes foi  denunciado pelo Ministério Público.

Segundo a denúncia, a prefeitura aplicou, sem licitação, R$ 1,6 milhão no evento religioso “Marcha Para Jesus”, em 2012.

+ No Instagram, Kleber Lucas parabeniza esposa pelo seu aniversário e detalhe chama atenção

Nessa quinta-feira (24), foi divulgada a decisão de 10 de janeiro da juíza Mirela Erbisti, da 3ª Vara de Fazenda Pública do Rio, que recebeu a acusação feita pelo Ministério Público.

Sobre Malafaia a juíza declarou:“teria se locupletado com o evento, eis que era presidente e representante legal da Comerj, esta a beneficiária direta do ato ímprobo”. “Promovendo seu nome pessoal e a associação, concorreu ainda para o gasto aparentemente irregular do município”.

O pastor Silas Malafaia está indignado com a decisão da juíza e disse  se tratar de uma “perseguição religiosa”, que a verba só foi liberada depois que a programação do evento foi apresentada, que a Marcha Para Jesus foi realizada para promover a paz e que todos os documentos e notas do evento foram apresentados.

+ Crise? Fernanda Brum é processada pela segunda vez por não pagar aluguel

Malafaia a qualquer momento irá liberá um vídeo em suas redes sociais explicando que está sendo vítima de perseguição contra a Marcha para Jesus, pois a Juíza não aceita que o evento seja patrocinado pela prefeitura, e pediu para que as pessoas compartilhassem o vídeo pois ele irá explicar que tudo não passa de uma perseguição religiosa vergonhosa.

Urgente: Justiça procura paradeiro do produtor gospel Melk Carvalhêdo

Melk Carvalhêdo (Reprodução)

O renomado produtor Melk Carvalhêdo, famoso por já ter produzido grandes nomes da música gospel no Brasil, se encontra foragido da justiça para não pagar a pensão da filha Radassa Vitorino  de apenas 3 anos.

Melk nunca reconheceu a paternidade da criança e também nunca prestou nenhuma assistência, mesmo quando ela foi diagnosticada com leucemia.

+ Produtor gospel famoso despreza filha com câncer e ignora sua existência

O caso está na justiça e o processo pode acabar sendo arquivado por que não conseguem localizar o produtor, pois ele não deixa endereço fixo.

A justiça precisa do endereço dele para que sejam tomadas as medidas cabíveis, e que ele venha a responder por todas as acusações.

O produtor gospel é considerado foragido, e a justiça pede para quem tiver notícias do paradeiro dele que entre em contato e mande o endereço, pois é o que está faltando para que o processo não seja arquivado.

+ MK toma decisão e assina com cantor gospel que compôs “Prioridade”

 

“Vai Passar” na voz de Eliane Fernandes ultrapassa 200 milhões de views no YouTube

Sucesso gravado anteriormente na voz de Gerson Rufino, a canção segue atemporal e sendo um hit.


Ex-cantora gospel Priscilla Alcantara desabafa: “Odeio esse governo”

A cantora é mais uma celebridade da Rede Globo que faz questão de dizer que não apoia o presidente Jair Bolsonaro.


Damares Alves detona culto da Igreja Casa: “Apologia à pedofilia”

O culto vai acontecer neste sábado (13), e recebeu o nome de "Vem Novinha", o que gerou a revolta dos evangélicos.


Fim do período sabático? Volta do Oficina G3 agita a web

Às 15 horas desta sexta-feira (12), a banda irá se pronunciar em suas redes sociais, para acabar com todo o suspense.


Igreja Casa anuncia culto “Vem Novinha” e causa polêmica

O nome do culto está dando o que falar nas redes sociais e causando indignação por parte da comunidade evangélica.