Polêmicas

Sarah Sheeva dá maior “bola fora” da história e humilha Stefhany Absoluta

Ela até disse concordar com a separação de Stefhany, desde que, ela saia de cena e volte ao anonimato.

Micael Batista | Publicado em: 19/01/19 às 0:26
Sarah Sheeva dá maior “bola fora” da história e humilha Stefhany Absoluta

A pastora Sarah Sheeva está sendo acusado de ter pego bem pesado com a cantora gospel Stefhany Cardoso, [Stefhany Absoluta].

Cheia de boas intenções, Sarah fez um comentário gigantesco em uma publicação no Instagram da cantora, que passa por um complexo periodo de separação.

Em dezembro de 2018, o ex-marido de Stefhany gravou um vídeo denunciando que a cantora gospel havia fugido de casa, e que teria levado todo o seu dinheiro, além da criança.

Em meio a centenas de comentários de pessoas que torcem para que a cantora gospel consiga ser feliz, a pastora escreveu que ela não pode se divorciar, a menos que tenha existido agressão ou adultério.

Ela até disse concordar com a separação de Stefhany, desde que, ela saia de cena e volte ao anonimato.

Desde que postou esse comentário, Sarah Sheeva vem sendo “massacrada” pelos seguidores de Stefhany Cardoso.

Leia na íntegra:

“NÓS CRENTES não estamos aqui para “ser feliz”, nós estamos aqui na Terra para servir a Deus, para obedecer a Ele.
Casamento é a maior decisão da nossa vida depois de aceitar a Cristo. Se não houve agressão, se não houve adultério, se não houve a quebra da aliança, ENTÃO não pode divorciar.

Pois estará quebrando um juramento feito a Deus. É POR ISSO que NÃO PODE CASAR RÁPIDO, nem pode casar beijando, se pegando, mas tem que conhecer BEM o caráter ANTES de casar. Pra depois não passar por isso.
O pior desse tipo de situação é o mau exemplo para as outras pessoas. Quando um crente se separa, outros querem “seguir o mesmo exemplo”, e assim, a pessoa está sendo responsável por influenciar a outras a quebrarem suas alianças também.
Esse é um assunto muito sério. Minha visão é: se não tem mais jeito, se não há como evitar o divórcio, ENTÃO SAIA DE CENA, suma das mídias, saia da vida pública, deixe de ministrar, deixe de subir nos altares, e se retire totalmente por anos! Até que as pessoas NÃO lembrem, para que a sua vida não leve outros para o mesmo erro.
Quando o nosso amor por Jesus é MAIOR do que a nossa VAIDADE, nós preferimos ficar escondidos, sair de cena, do que ser mau exemplo no Reino dEle.
As suas atitudes nesse sentido VÃO PROVAR de fato quem você é em Deus. Se você ama a Cristo, assuma seu erro de ter se casado com (escolhido) o homem errado, assuma seu erro diante do público, e assuma as consequências do seu erro: suma da vida pública por um bom tempo (pelo menos 5 anos). Pois o altar é para quem é exemplo.
Não faça como muitos estão fazendo por aí, que se separam, mas não assumem seus erros, e ainda continuam suas vidas como se Deus não odiasse o divórcio. É um erro grave, e você deve se voltar para Deus profundamente, pois nEle você encontrará o caminho de restauração e mudança.
Mas se não fizer isso, assim como outras pessoas, você errará novamente, e daqui a pouco estará no 3° casamento. Não permita que sua vida seja esse nível de mau exemplo”.

Confira os comentários dos seguidores de Stefhany, sobre o que disse Sarah Sheeva:

 

Ex-pastora faz sucesso com venda de nudes na web

Ela garante que isso a transformou em uma mãe melhor, pois agora consegue conversar abertamente com os filhos sobre sexo.


Morre pastor Henrique, pai da ministra Damares Alves, aos 92 anos

O reverendo atuava como pastor na Igreja do Evangelho Quadrangular.


Pastor é suspeito de matar adolescente de 14 anos

Ela foi encontrada em uma propriedade ao lado da casa do pastor. O corpo estava com um hematoma no pescoço e uma lesão na boca.


Mesmo “imunizado”, pastor José Wellington está na UTI com Covid-19

A família divulgou um novo boletim médico com informações atualizadas sobre o estado de saúde do religioso.


Inocência provada: Marcos Pereira é absolvido pela Justiça

Durante o tempo em que passou na prisão, o pastor aproveitou para evangelizar os presos e pregar o evangelho.