Polêmicas

7 notícias gospel bizarras de 2019 que envergonharam evangélicos

Confira algumas das manchetes que polemizaram no mundo gospel em 2019:

Micael Batista | Publicado em: 18/10/19 às 22:40
7 notícias gospel bizarras de 2019 que envergonharam evangélicos
Notícias gospel polemicas

O ano ainda não terminou e 2019 já nos proporcionou algumas notícias gospel bastante polêmicas.

Confira algumas das manchetes que polemizaram no mundo gospel em 2019:

1 – Assassinato do pastor Anderson do Carmo

A morte do pastor Anderson do Carmo, esposo da cantora gospel Flordelis, em junho de 2019, foi a notícia gospel que, com toda certeza, mais repercutiu em todo o país.

A investigação da morte do pastor acabou levando a polícia civil a revelar um intenso drama familiar que se arrastava por anos, apesar que todo o relacionamento entre Flordelis, Anderson do Carmos e os seus 55 filhos, era “vendido” como “normal”.

A polícia já sabe que Flávio dos Santos, filho biológico de Flordelis, e Lucas dos Santos, filho adotivo do casal, foram os executores do crime. A investigação segue em segredo de justiça.

2 – Mara Maravilha beijando Preta Gil na boca

Quando Mara Maravilha publicou uma foto dando um selinho na cantora Preta Gil, muitos evangélicos não entenderam. Afinal de contas, Mara Maravilha costuma se posicionar como evangélica.

Ela já foi uma cantora gospel popular, mas desde que passou a trabalhar na TV, algumas atitudes e posicionamentos da artista tem causado espanto até mesmo em seu público.

3 – Ana Paula Valadão ungindo a si mesma

Ana Paula Valadão já é considerada um personagem folclórico no meio gospel. Desde o testemunho do salto de Piton, a artista parece não parar de “causar”.

A última atitude de Ana Paula Valadão que mexeu com o mundo gospel, foi a sua alto-unção. A artista derramou em sua cabeça uma bela quantidade de óleo de unção, durante uma ministração.

As imagens viralizaram e rodaram o mundo, gerando uma “sensação estranha” em quem as visualizou.

4 – Igreja famosa vira boate

Da pra imaginar uma igreja evangélica se transformando numa “boate gospel” nos dias em que não tem culto?

Um vídeo mostra a igreja “Casa”, em uma noite muito estranha, em que no som, se reproduz “makarena”, com luzes e pessoas dançando bastante, enquanto bebem algo suspeito. Será?

Essa foi uma das notícias gospel mais bizarras de 2019.

5 – Chega ao fim o casamento de Lauriete e Magno Malta

No início de 2019, a cantora gospel confirmou publicamente o fim do casamento com o ex-senador Magno Malta.

Magno insistiu até o fim em negar que Lauriete teria o deixado, mas a própria artista não participou do circo, e contou a verdade aos seus seguidores.

O fato é que Lauriete e Magno Malta estavam separados desde 2018, mas não “abriram o jogo” por causa da eleição.

6 – Pastor Samuel Procópio humilha tecladista

Samuel Procópio, um pastor “famosinho” por pregar no Gideões, acabou exagerando e humilhou um tecladista durante uma pregação num congresso.

O vídeo viralizou na web, e os músicos de todo o país se uniram para protestar contra a forma “grosseira” com que o pastor se dirigiu ao músico.

Mais tarde ele pediu perdão, mas até isso acontecer, o vídeo viralizou na web.

7 – Felipe Heiderich é inocentado

Depois de três longos anos, o pastor Felipe Heiderich foi inocentado das acusações de haver abusado sexualmente do filho de Bianca Toledo, com quem era casado na época.

Depois da sentença, Felipe voltou a aceitar convites e hoje ministra em igrejas de todo o país.

 

Filha do cantor gospel Waguinho diz que ele é ausente e atrasa pensão

Stephanie Gomes também disse que se sente desprezada por Waguinho e que ele chega a ficar até três meses sem pagar sua pensão.


Flordelis quer perdão de pastor que ela encomendou a morte

Uma testemunha revelou à promotoria que Flordelis também havia encomendado a morte de Jorginho de Xerém.


Esposo “traído” dispara contra Samuel Mariano: “Seja homem, seu muleque”

Paulo Henrique, esposo da diaconisa Monalisa, suposta amante do cantor gospel, voltou a confrontar Mariano nas redes sociais.


Após 7 de setembro, rejeição de evangélicos a Bolsonaro aumenta, diz pastor

Segundo o pastor Luis Sabanay, a debandada evangélica começou já no primeiro ano do mandato do presidente e aumentou após os atos do Dia da Independência.


Missionário alagoano morre de Covid após visita ao Brasil

O pastor de 56 anos, que estava em missão na Bolívia, foi diagnosticado com Covid-19 poucos dias depois que chegou ao Brasil para visitar a família.