O xeque-mate de Flordelis, agora ela vai dar a volta por cima

Próxima quarta-feira 16 irá completar 4 meses da morte do pastor Anderson do Carmo


9 meses atrás | Caio Rangel



Flordelis (Reprodução)

Na próxima quarta-feira (16), irá completar 4 meses do assassinato do pastor Anderson do Carmo, e até o momento muitas perguntas estão sem respostas.  A principal delas seria quem foi o mandante do crime.

A viúva, deputada federal e cantora gospel Flordelis, continua sendo investigada, e grande parte dos brasileiros acreditam que ela tenha algum envolvimento com a morte do seu esposo.

No seu primeiro depoimento, como testemunha, Flordelis entrou em contradição várias vezes, até mesmo em entrevistas que deu para mídia.

Apontado como a “pedra” no sapato da pastora, Misael, filho adotivo, foi quem denunciou Flordelis em seu primeiro depoimento no dia 24 de junho.

+ Sarah Sheeva chama evangélicos de “estragados” e é bombardeada na web

Ele contou à polícia que esteve com a mãe três dias antes do depoimento, e durante uma reunião no quarto de Flordelis, ela escreveu em um caderno a confissão de que tinha dado um sumiço no celular de Anderson; “Nós quebramos o celular do Niel e jogamos na ponte Rio-Niterói”. Niel era o apelido de Anderson na família.

Com o vazamento dessa informação foi declarada a guerra de acusações entre mãe e filho. Flordelis agora tenta de todas as formas incriminar Misael, cobrando explicações do que ele apagou do celular do pastor no dia do crime, e porque fez isso.

A última carta na manga para matar dois coelhos com uma cajadada só já foi liberada. Uma suposta carta do seu filho adotivo Lucas que está preso, chegou até as mãos da pastora. Essa carta não só tentar tirar toda culpa do seu filho Biológico Flávio Rodrigues, que também está preso suspeito de ter atirado em Anderson, mas principalmente incriminar Misael.

+ Gay? Quase gospel, Bruna Marquezine diz que “perdeu o encanto” por homens

A deputada espera que a suposta carta tenho tal poder de colocar Misael no banco dos réus e inocentar o seu filho Flávio. No entanto, para justiça, a carta não tem muita relevância, e polícia está seguindo a mesma linha de investigação.




publicidade

Mais artigos

Professora é investigada por dizer que homossexualidade é “pecado”

Ela fazia uma leitura do conceito de heteronormatividade, criado por Michael Warner em 1991, que se refere à homossexualidade como “desvio”, “crime”, “aberração”, “doença”, “perversão”, “imoralidade” e “pecado”


Cantor Samuel da dupla “Daniel e Samuel” deixa UTI após sete dias internado

No último dia 7 de julho, o cantor  sofreu um infarto e precisou passar por um procedimento de emergência


Pastor é preso suspeito de cometer abusos sexuais

O religioso teria assediado várias fiéis, incluindo duas adolescentes


Andressa Urach critica cantoras famosas e anuncia seu novo single

Urach se tornou evangélica em 2015, e está prestes a ingressar no ramo da música


Morre com Covid-19 mais um pastor da Assembleia de Deus

O pastor Derly da Silva tinha 53 anos e estava internado há mais de um mês


Yvelise de Oliveira toma atitude inesperada após separação de Elaine de jesus

A empresária Yvelise de Oliveira é dona da MK, gravadora da cantora Elaine de Jesus,


Filho caçula de Eyshila ironiza e pede oração para ganhar acessórios de drag queen

Caso você queira incluir esses detalhes na sua lista de oração. Agradeço, disse Lucas Oliveira a uma seguidora


Terror: Homem invade igreja atira contra quatro pessoas e se mata

Ele chegou na igreja conturbado e disse havia feito uma bobagem


Nova regra pode levar a extinção dos “candidatos oficiais” das igrejas

O ministro Edson Fachin, que compõe o TSE, propôs a inclusão do abuso de poder religioso como crime eleitoral


Aline Barros fará live solidária em prol da AACD

A live acontecerá no próximo sábado (18), com a participação de grandes nomes da música gospel