Pastor Marco Feliciano é expulso do partido acusado de corrupção e assédio

Feliciano também é acusado de ter gasto R$ 157 mil do dinheiro público para fazer um tratamento odontológico


7 meses atrás | Caio Rangel



Marco Feliciano (Reprodução)

Nessa segunda-feira (9), o pastor e deputado federal Marco Feliciano foi expulso do seu partido, o Podemos. Uma série de denuncias de corrupção contra ele fez com que a cúpula do partido chegasse a essa medida extrema.

O pastor é vice-líder do governo no Congresso e pré-candidato a vice de Bolsonaro em 2022. Feliciano é acusado de ter gasto R$ 157 mil para fazer um tratamento odontológico. A questão é que foi com dinheiro público.

+ Saiba quais foram os cantores gospel mais ouvidos no Spotify em 2019

As denuncias aceitas pelo presidente do Podemos no estado de São Paulo, Mário Covas Neto, foram apresentadas por filiados.

Feliciano é acusado de corrupção, assédio sexual, recebimento de propina, pagamento a funcionários fantasmas, até comentários incompatíveis sobre o cantor Caetano Veloso. Um dos casos destacados é o do tratamento dentário.

A ativista Patrícia Lélis, responsável por uma das denúncias de assédio sexual contra Feliciano, comentou a decisão. “Marco Feliciano foi expulso do partido Podemos, após uma série de acusações envolvendo inclusive assédio sexual no gabinete. Volto a dizer: Não fui a primeira vítima do Feliciano e muito menos a única, apenas a primeira a denunciá-lo”, publicou.

+ Samuel Mariano afirma que não irá parar de fazer shows para pastorear ADBrás JP

O deputado Marco Feliciano ainda não se manifestou sobre a decisão. O parlamentar está em viagem com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.




publicidade

Mais artigos

Pastor contrata ladrões para assaltar Igreja Mundial de Valdemiro Santiago

Os militares conseguiram recuperar quase toda quantia levada, cerca de R$ 32 mil


Cantora gospel Fernanda Brum troca MK pela Sony Music

Fernanda permaneceu por cerca de 25 anos na MK Music


Professora é investigada por dizer que homossexualidade é “pecado”

Ela fazia uma leitura do conceito de heteronormatividade, criado por Michael Warner em 1991, que se refere à homossexualidade como “desvio”, “crime”, “aberração”, “doença”, “perversão”, “imoralidade” e “pecado”


Cantor Samuel da dupla “Daniel e Samuel” deixa UTI após sete dias internado

No último dia 7 de julho, o cantor  sofreu um infarto e precisou passar por um procedimento de emergência


Pastor é preso suspeito de cometer abusos sexuais

O religioso teria assediado várias fiéis, incluindo duas adolescentes


Andressa Urach critica cantoras famosas e anuncia seu novo single

Urach se tornou evangélica em 2015, e está prestes a ingressar no ramo da música


Morre com Covid-19 mais um pastor da Assembleia de Deus

O pastor Derly da Silva tinha 53 anos e estava internado há mais de um mês


Yvelise de Oliveira toma atitude inesperada após separação de Elaine de jesus

A empresária Yvelise de Oliveira é dona da MK, gravadora da cantora Elaine de Jesus,


Filho caçula de Eyshila ironiza e pede oração para ganhar acessórios de drag queen

Caso você queira incluir esses detalhes na sua lista de oração. Agradeço, disse Lucas Oliveira a uma seguidora


Terror: Homem invade igreja atira contra quatro pessoas e se mata

Ele chegou na igreja conturbado e disse havia feito uma bobagem