Evento

“Marcha para Satanás” acontece em BH com protesto a favor do Estado Laico

O evento pretende usar blasfêmia em nome do combate à intolerância

Caio Rangel | Publicado em: 15/02/20 às 11:19 Atualizado em 15/02/2020 12:12
“Marcha para Satanás” acontece em BH com protesto a favor do Estado Laico
Marcha para satanás (Reprodução)

Baseado na justificativa de que o Estado Laico seja defendido, os organizadores da “Marcha para Satanás” anunciaram que este ano o evento irá acontecer em Belo Horizonte, capital mineira que é o berço de diversas denominações evangélicas.

De acordo com os organizadores da marcha, no cristianismo há muito excesso em nome da religião. Eles também destacaram que essa religiosidade acaba influenciando as pessoas.

+ Depois do Papa Francisco, em breve Lula irá se encontrar com líderes evangélicos

Um dos organizadores ressaltou que a marcha não tem como objetivo adorar Satanás, e sim, um enfrentamento contra as crenças que predominam no Brasil. Eles também afirmaram que na religião existe muita discriminação com homossexuais, travestis, e pessoas da religião africana que se sentem pressionados a se adequarem aos padrões por eles estabelecidos.

“Se as portas da política pública estão abertas pra uma religião, vai ter que abrir para outras também. Se vai ter Jesus nas escolas públicas, tem que ter Satanás também”. Disparou o coordenador da “Marcha”.

+ Yvelise de Oliveira abre o jogo e revela sua verdadeira relação com Flordelis

Nas redes sociais os internautas estão comparando o evento ao movimento “Templo Satânico dos EUA”, que é formado por um grupo de pessoas que se manifestam verazmente contra qualquer manifestação de cunho cristão em praças, instituições de ensino e órgãos públicos.

 

Pastora “modinha” Renálida Carvalho coloca silicone

Renalida Carvalho realizou uma mamoplastia com prótese de silicone para o aumento dos seios.


Cantor Irmão Lázaro está vivo e respondendo bem ao tratamento

A assessoria do cantor usou as redes sociais para desmentir o boato de que o artista havia morrido, no início da noite desta sexta-feira (26).


Após culto com 1.200 pessoas, MP notifica igreja de Malafaia

Malafaia alega que cumpriu os protocolos contra o contágio da Covid-19, mesmo tendo reunido mais de mil fiéis em um espaço fechado.


Jotta A surge de “drag queen” e web não perdoa

O artista que resolveu sair do armário no ano passado continua surpreendendo e dando o que falar na internet.


Um dia após culto ser interditado, Malafaia reúne milhares de fiéis no PR

O pastor se defendeu dizendo que só haviam 1.200 pessoas, e que o local comportava 3.000 pessoas.