Crime

Caso Flordelis: Yvelise de Oliveira contesta conclusão da investigação

Yvelise e o seu esposo Arolde de Oliveira,  irão entregar um laudo de perícia para colaborar com as investigações sobre o caso

Caio Rangel | Publicado em: 14/04/20 às 16:31
Caso Flordelis: Yvelise de Oliveira contesta conclusão da investigação
Yvelise de Oliveira e Flordelis (Reprodução)

A empresária Yvelise de Oliveira, proprietária da MK Music, prestou depoimento no dia 11 de fevereiro na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), após os investigadores  receberem dados das empresas de telefonia sobre o uso do celular de Anderson do Carmo, que nunca foi encontrado pela polícia.

De acordo com as investigações, uma linha telefônica no nome de Yvelise foi habilitada no celular do pastor às 10h56 do dia 16 de junho, pouco mais de sete horas após o crime.

+ Cantor Eduado Costa critica evangélicos e detona pastores: “Cambada de mentirosos”

Yvelise e o seu esposo senador Arolde de Oliveira,  irão entregar um laudo de perícia para colaborar com as investigações sobre o caso.

De acordo com o doutor Rafael Borges, advogado do casal, o laudo pericial  contesta a conclusão da investigação, que diz que o celular de Anderson esteve  residência da família.

+ Pastor que desafiou medidas de isolamento morre de coronavírus nos EUA

“Ainda nesta semana vamos entregar o laudo. Estamos com dificuldades logísticas por causa da quarentena, já que as delegacias do Rio de Janeiro estão operando apenas para situações de emergência, mas vencendo esta etapa já vamos entregar o documento” explicou o advogado do casal.

 

 

Pastor presidente da AD no Piauí é internado com Covid-19

O pastor precisou ser internado após apresentar alteração em sua saturação.


Kajuru detona Malafaia após reportagem do UOL: “Pilantra”

Malafaia usou as redes sociais para se defender e chamar o senador de "canalha".


Em meio a conflitos, Agenor Duque vai a Israel para realizar ato profético

O destino do apóstolo será o Vau de Jaboque, onde Jacó lutou contra um anjo e foi marcado, segundo as escrituras sagradas.


Bispa diz que foi feito ritual satânico para matar MC

De acordo com a religiosa, seis nomes de funkeiros foram apresentados em um ritual satânico para eles morrerem.


Felipe Heiderich e Bruno de Simone anunciam casamento

Na live, Felipe também revelou que a vereadora Mônica Benício, viúva de Marielle Franco, será a sua madrinha de casamento.