“É inaceitável uma autoridade presidencial ser confrontada por qualquer ministro”, diz Abílio ao defender Bolsonaro

O parlamentar baiano reforçou o apoio a Bolsonaro e disse que o ego de Moro se sobrepôs aos interesses da nação


6 meses atrás | Caio Rangel



Abílio Santana (Reprodução)

O deputado federal Abílio Santana (PL-BA) se pronunciou sobre o discurso do presidente Jair Bolsonaro na tarde desta sexta e a saída do ex-ministro Sérgio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“Os ministros possuem autonomia, o presidente tem a soberania e poder de veto. É diferente. É inaceitável que a autoridade presidencial seja confrontada por qualquer ministro”, ressaltou.

O parlamentar baiano reforçou o apoio a Bolsonaro e disse que o ego de Moro se sobrepôs aos interesses da nação, ao comentar a exoneração de Maurício Valeixo, da PF.

+ Em meio a pandemia, STF julga hoje liberar aborto em casos de microcefalia

“Bolsonaro utilizou a atribuição que lhe confere. De acordo com a Lei, o cargo de Diretor Geral da Polícia Federal, assim como outros cargos de diretoria, é de nomeação e exoneração do presidente da República, portanto não há problema. Não podemos deixar que o ego de Moro e o compromisso consigo mesmo se sobreponha aos interesses da nação” , continua.

Sobre a troca nos ministérios, Abílio pontuou que “ninguém é insubstituível. O Brasil é maior do que qualquer um de nós. Discordâncias e convergências entre seres humanos são normais, mas o governo precisa estar coeso e unificado, sobretudo nesse momento de crise”.

 




publicidade

Mais artigos

Você viu? Silas Malafaia ministrou na igreja de Renê Terra Nova

Essa semana o pastor Silas pregou no congresso que celebrou os 30 anos do MIR "Ministério Internacional da Restauração".


A nova mentira de Flordelis

Foi uma sensação de brochamento gospel generalizado, e mais uma vez Flordelis perdeu uma oportunidade de falar a verdade.


Artistas gospel lamentam a morte de Arolde de Oliveira

O senador morreu nesta quarta-feira (21/10) vítima da Covid-19


Arolde de Oliveira, fundador da MK, morre vítima de Covid-19

Arolde deixa esposa, a empresária Yvelise de Oliveira, e uma filha, a diretora artística Marina de Oliveira.


MK esconde estado de saúde de Arolde e Yvelise após Covid-19

Bolsonarista, não se sabe se Arolde está fazendo uso da cloroquina ou hidroxicloroquina.


Fiéis pedem expulsão do pastor Antônio Dionízío da Assembleia de Deus após vídeo com amante

O pastor foi flagrado dando tapinhas no bumbum de uma mulher, identificada como sendo sua amante


Pato usando crucifixo e meias na Praia da Macumba vira mistério

Religiosos acreditam que o pato foi usado em algum ritual de magia negra.


Foto de Ana Paula Valadão com jaca na cabeça vira piada na internet

A imagem viralizou nas redes sociais


Presidente da Assembleia de Deus da “tapinha na bunda” de amante e vídeo vaza

À COMADEMS, Dionízio alegou que a mulher que aparece no vídeo seria sua namorada


Veja fotos da pastora que deixou a igreja para virar modelo de site adulto

Com 36 anos, ela defende que sair da igreja não significa ficar longe de Deus.