Crime

Em depoimento dona da MK abre o jogo sobre Flordelis: “dissimulada e perigosa”

Yvelise disse que a cantora é enigmática e nebulosa e que percebia, em alguns momentos,que ela tinha uma personalidade diferente

Caio Rangel | Publicado em: 10/04/20 às 13:43 Atualizado em 10/04/2020 14:33
Em depoimento dona da MK abre o jogo sobre Flordelis: “dissimulada e perigosa”
Anderson do Carmo, Yvelise, e Flordelis (Reprodução)

A dona da MK Music, Yvelise de Oliveira, disse em depoimento sobre o assassinato do pastor Anderson do Carmo, que considera a deputada e cantora gospel Flordelis “dissimulada e perigosa”. 

Yvelise prestou depoimento no dia 11 de fevereiro na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), que investiga a morte do pastor. A esposa do senador Arolde de Oliveira, também disse acreditar que a deputada, que é investigada pelo assassinato, seria capaz de tramar “algo desse tipo”, sem citar especificamente se estava se referindo ao crime.

+ Cantor Lukas Agustinho é internado as pressas durante a madrugada

As informações são do O Globo, que teve acesso ao depoimento prestado por Yvelise.

A dona da gravadora que Flordelis é contratada, também disse que a cantora é enigmática e nebulosa e que percebia, em alguns momentos, que a deputada tinha uma personalidade diferente da que apresentava publicamente.

Flordelis e Arolde pertecem ao mesmo partido, e foram grandes aliados nas últimas eleições.  Eles continuam a participar, juntos, de eventos do PSD.

A dona da MK foi convocada para prestar depoimento após a DHNSG receber dados das empresas de telefonia sobre o uso do celular de Anderson do Carmo, que nunca foi encontrado pela polícia. De acordo com as investigações, uma linha telefônica no nome de Yvelise foi habilitada no celular do pastor às 10h56 do dia 16 de junho, pouco mais de sete horas após o crime.

+ Pastor de 90 anos que venceu o cancêr é curado de coronavírus

Os dados apontam ainda que o aparelho utilizou rede de Wi-Fi da casa de Arolde e Yvelise no mesmo horário.

 

 

Priscilla Alcantara muda do gospel para o pop: “É aqui onde me sinto livre”

A artista sempre fez questão de enfatizar que não se considera uma cantora gospel.


Pastor Jorge Linhares é intimado por se opor à ideologia de gênero

O Ministério Público de Minas Gerais afirma que o líder religioso pode ser investigado por discriminação de identidade de gênero.


A decadência de Samuel Mariano: Filho fora do casamento, e até envolvimento com homens

Nesta sexta-feira (30), foi divulgado o depoimento de Monalisa Feitosa, ex-diaconisa da AD Brás Paraíba, que teve um caso com Mariano.


Monalisa disse à polícia que Samuel Mariano fez 5 chamadas de vídeo se masturbando

No depoimento, Monalisa diz ter provas de que, possivelmente, o cantor tem "envolvimentos com homens".


Pastora e a suposta revelação sobre Renálida Carvalho: “Não passa de uma prostituta”

A cada dia o vídeo da pastora Roberta Borges tem ganhado repercussão e dividido a opinião dos internautas.