Pastor Wesley Ros quebra o silêncio sobre racismo: “Minha raça é humana”

Ros critica termo “raça negra” como ativismo: “Eu não sou negro, eu sou preto”


4 meses atrás | Caio Rangel



Wesley Ros (Reprodução)

O pastor e cantor gospel Wesley Ros publicou um vídeo em suas redes sociais há cerca de uma semana, e se tornou alvo de elogios e críticas. No vídeo, Ros expõe a sua opinião sobre um dos temas mais polêmicos dos últimos dias, o “racismo”.

O vídeo acabou viralizando na internet e foi compartilhado até pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, e filho do presidente Jair Bolsonaro.

O conteúdo do vídeo é extremamente polêmico, e divide a opinião de quem o assiste, no entanto, trás uma mensagem de que o “vitimísmo é o maior inimigo do negro”.

Wesley fala com propriedade sobre o racismo, pois é afrodescendente e sentiu na pele a discriminação por causa de sua cor da pele.

O pastor inicia dizendo que não conhece e não respeita a “raça negra”, e explica que é preto, pois é a sua cor, mas a sua raça é a “raça humana”.

+ Felipe Heiderich saiu do armário? Youtuber gospel faz revelação bombástica

Wesley afirma que o preconceito começa com essa classificação, de “raça negra, e raça branca”. O pastor conta uma experiência que teve na sua juventude, em que foi despedido de uma padaria que trabalhava por causa de sua cor.

O cantor fez questão de ressaltar que isso não foi motivo para ele se vitimizar, pois ao invés de olhar para o “retrovisor” ( para trás), decidiu olhar para o “para-brisa”, ou seja, para frente.

“Sabe o que é retrovisor? é uma janelinha do tamanho desse celular que faz você olhar para o retrô, retrospectiva, retroceder passado. Passado na conciência negra é o que? Você foi escravo, você foi humilhado, você não pode, você foi espancado, você não consegue, você não tem. Então a gente fica com a mente cauterizada com o retrovisor”, explica Ros.

O pastor afirma que por não ter olhado para o retrovisor da “conciência negra”, conseguiu vencer na vida e conquistar o que têm hoje, porém, se ficasse se vitimando, talvés ainda estivesse na mesma situação.

+ Ex-cantor gospel Jotta A sofre ataque homofóbico na web

Wesley ressalta que fez favorecer a sua competência e suas qualidades para conquistar os seus objetivos, “sem precisar da ajuda do preto, e sem precisar da ajuda do branco”.

O pastor se posicionou totalmente contra ao vitimísmo racial, e destacou que todos são capazes independente da cor da pele, pois existem várias famílias que moram debaixo da ponte, e a cor da sua pele é branca.

Assista ao vídeo na íntegra.




publicidade

Mais artigos

Artistas gospel lamentam a morte de Arolde de Oliveira

O senador morreu nesta quarta-feira (21/10) vítima da Covid-19


Arolde de Oliveira, fundador da MK, morre vítima de Covid-19

Arolde deixa esposa, a empresária Yvelise de Oliveira, e uma filha, a diretora artística Marina de Oliveira.


MK esconde estado de saúde de Arolde e Yvelise após Covid-19

Bolsonarista, não se sabe se Arolde está fazendo uso da cloroquina ou hidroxicloroquina.


Fiéis pedem expulsão do pastor Antônio Dionízío da Assembleia de Deus após vídeo com amante

O pastor foi flagrado dando tapinhas no bumbum de uma mulher, identificada como sendo sua amante


Pato usando crucifixo e meias na Praia da Macumba vira mistério

Religiosos acreditam que o pato foi usado em algum ritual de magia negra.


Foto de Ana Paula Valadão com jaca na cabeça vira piada na internet

A imagem viralizou nas redes sociais


Presidente da Assembleia de Deus da “tapinha na bunda” de amante e vídeo vaza

À COMADEMS, Dionízio alegou que a mulher que aparece no vídeo seria sua namorada


Veja fotos da pastora que deixou a igreja para virar modelo de site adulto

Com 36 anos, ela defende que sair da igreja não significa ficar longe de Deus.


Nasceu o primeiro filho da cantora gospel Daniela Araújo

Foi a própria Daniela Araújo quem deu a notícia, se dizendo apaixonada.


Live “Gospel” do Vovô Raul Gil terá de Claudio Duarte a Thalles Roberto

Não perca esse super evento: dia 21 de outubro no Canal Oficial do Vovô Raul Gil no Youtube