Grupo de evangélicos diz que Covid-19 não existe e faz culto com aglomeração

Um homem de 50 anos foi levado para delegacia por desacato as autoridades


2 meses atrás | Caio Rangel



Imagem ilustrativa (Reprodução)

Um homem de 50 anos foi levado para delegacia após desacatar fiscais da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano). O caso aconteceu na noite dessa quinta-feira (30).

O homem estava com um grupo de pessoas em uma igreja no Jardim Centro Oeste (MS), realizando culto após o toque de recolher.

Segundo informações passadas pela polícia, equipes da Guarda Civil Municipal estavam acompanhando os fiscais da Semadur, e também um promotor de Justiça.

+ Lucas, filho da cantora Eyshila, sai em defesa de Thammy Miranda

Dessa maneira eles chegaram até a igreja, e encontraram várias pessoas aglomeradas  descumprindo a determinação das autoridades.

Com o descumprimento da medida sanitária, foi feita orientação para que as pessoas fossem dispensadas e o culto encerrado. No entanto, o homem de 50 anos teria se alterado, chamado os fiscais de corruptos e dito ainda:

“O Covid não existe, quem manda aqui é Deus e não promotor, prefeito ou governador”.




publicidade

Mais artigos

É mole? Flordelis pode ganhar R$2 milhões com história da morte do marido

Uma produtora americana teria oferecido U$$ 400 mil dólares pela história


A dura punição da Deus é Amor contra o pastor que agrediu a esposa ao vivo

Em um vídeo, o pastor David Miranda Neto falou sobre o caso, e reforçou o repúdio ao que fez o tal pastor.


Pastor que agrediu esposa ao vivo pode ser preso a qualquer momento

O pastor pode ser enquadrado na Lei Maria da Penha por violência psicológica


Maior ladrão de banco do país vivia como pastor evangélico

Ele foi preso essa semana após uma operação integrada das policias Militar e Civil, na cidade de Tajupá, no interior de São Paulo.


RR Soares “dedura” Eduardo Bolsonaro à Polícia Federal

O depoimento faz parte do inquérito que apura o financiamento dos atos antidemocráticos.


Deputado Otoni de Paula sobre cassinos; “Não posso negociar meus valores”

A aprovação do projeto é do interesse do presidente Jair Bolsonaro


Pastor que agrediu a esposa ao vivo pede perdão

- Eu quero aqui publicamente pedir perdão a minha esposa. - falou ele a ela, que ficou o tempo todo de cabeça baixa.


Sem saber que estava ao vivo, pastor agride a esposa em live

O pastor costuma fazer lives religiosas, com leituras da bíblia e profecias que normalmente atraem um número razoável de pessoas.


Lembra da profecia de Daciolo sobre o Gideões? Com medo de morrer, pastor teria pedido perdão

Daciolo teria o perdoado e orado com ele.


Saiba quem é o pastor que foi encontrado morto em casa de prostituição

O pastor estava na cidade para inaugurar um templo