Pastor

José Wellington se irrita e manda carta para pastor flagrado com amante

Na carta, José Wellington cita o fato de ele ter indicado e empossado Antônio Dionisio, e pede que ele, por amor a igreja, tome uma decisão.

Redacao | Publicado em: 30/10/20 às 10:35 Atualizado em 01/11/2020 23:34
José Wellington se irrita e manda carta para pastor flagrado com amante
Pastor José Wellington

Uma carta assinada pelo Pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da Assembleia de Deus – Ministério Belém, e da CONFRADESP, foi enviada a COMADEMS (Convenção dos Ministros das Assembleia de Deus no Mato Grosso do Sul).

O documento fala sobre a situação do pastor Antônio Dionízio, então presidente da convenção e principal nome em um escândalo sexual que dividiu a igreja.

Desde que um vídeo em que Dionízio aparece apalpando o bumbum de uma mulher foi divulgado, a igreja passou a pedir o seu imediato afastamento das funções de liderança na igreja.

Essa semana a convenção suspendeu o pastor por 60 dias, numa iniciativa histórica.

Na carta, José Wellington cita o fato de ele ter indicado e empossado Antônio Dionisio, e pede que ele, por amor a igreja, tome uma decisão.

Essa “decisão” a que se refere o pastor José Wellington, claramente é o pedido de jubilação [aposentadoria].

Leia a carta na íntegra:

 

Pastora “modinha” Renálida Carvalho coloca silicone

Renalida Carvalho realizou uma mamoplastia com prótese de silicone para o aumento dos seios.


Cantor Irmão Lázaro está vivo e respondendo bem ao tratamento

A assessoria do cantor usou as redes sociais para desmentir o boato de que o artista havia morrido, no início da noite desta sexta-feira (26).


Após culto com 1.200 pessoas, MP notifica igreja de Malafaia

Malafaia alega que cumpriu os protocolos contra o contágio da Covid-19, mesmo tendo reunido mais de mil fiéis em um espaço fechado.


Jotta A surge de “drag queen” e web não perdoa

O artista que resolveu sair do armário no ano passado continua surpreendendo e dando o que falar na internet.


Um dia após culto ser interditado, Malafaia reúne milhares de fiéis no PR

O pastor se defendeu dizendo que só haviam 1.200 pessoas, e que o local comportava 3.000 pessoas.