Polêmicas

Pastor da Assembleia de Deus em Camboriú é acusado de dilacerar genitália de adolescente

Outras cinco adolescentes haviam sido estupradas pelo pastor, segundo denúncia

Redacao | Publicado em: 16/01/21 às 16:02
Pastor da Assembleia de Deus em Camboriú é acusado de dilacerar genitália de adolescente
Imagem ilustrativa

Um pastor evangélico da Igreja Assembleia de Deus em Camboriú, Santa Catarina, identificado pelo primeiro nome de Clair, está foragido da policia, acusado de haver estuprado 6 adolescentes entre 13 e 15 anos.

A informação foi publicada pelo repórter investigativo Paulo Roberto, que publicou as informações em sua conta no Facebook e, foi comentada pelo canal Fala Zion, que já vinha acompanhando esse caso de perto.

O pastor auxiliava na igreja Assembleia de Deus da rua Sasafras, no bairro Tabuleiro, e os casos só foram descobertos porque segundo denuncias, ele levou uma menor para um motel, amordaçou a menina e dilacerou as genitais da vítima.

Ela teve que ser internada e no hospital relatou tudo o que aconteceu, fornecendo o nome do pastor e contando sobre outras vítimas. Os estupros vinham acontecendo a mais de dois anos. A policia agora segue à procura do pastor, que esta foragido.

Novos detalhes sobre o caso foram revelados no vídeo publicado pelo Zion, assista:

 

Família do Irmão Lázaro convoca evangélicos para jejum em prol da cura do cantor

Os últimos exames do músico constataram que houve uma redução na inflação do pulmão. Entretanto, a sua situação ainda é muito delicada.


Pastores de Pernambuco farão carreata para protestar contra decreto estadual

O decreto do governador Paulo Câmara (PSB) não reconhece as igrejas como serviço essencial.


Pastor é afastado após sugerir que mulheres emagreçam para os maridos

O religioso também pediu para as mulheres se submeterem aos desejos sexuais de seus maridos para que eles não "desviem".


Pastor sofre AVC durante confusão na Assembleia de Deus

A confusão aconteceu no decorrer da eleição para a nova diretoria da Assembleia de Deus Missões, em Campo Grande.


Pastor defende fechamento de igrejas e pede bom senso aos fiéis

O religioso disse que o fechamento das igrejas também lhe afeta, mas que diante das circunstâncias é preciso pensar na vida e na esperança.