Polêmicas

Pastor da Assembleia de Deus em Camboriú é acusado de dilacerar genitália de adolescente

Outras cinco adolescentes haviam sido estupradas pelo pastor, segundo denúncia

Redacao | Publicado em: 16/01/21 às 16:02
Pastor da Assembleia de Deus em Camboriú é acusado de dilacerar genitália de adolescente
Imagem ilustrativa

Um pastor evangélico da Igreja Assembleia de Deus em Camboriú, Santa Catarina, identificado pelo primeiro nome de Clair, está foragido da policia, acusado de haver estuprado 6 adolescentes entre 13 e 15 anos.

A informação foi publicada pelo repórter investigativo Paulo Roberto, que publicou as informações em sua conta no Facebook e, foi comentada pelo canal Fala Zion, que já vinha acompanhando esse caso de perto.

O pastor auxiliava na igreja Assembleia de Deus da rua Sasafras, no bairro Tabuleiro, e os casos só foram descobertos porque segundo denuncias, ele levou uma menor para um motel, amordaçou a menina e dilacerou as genitais da vítima.

Ela teve que ser internada e no hospital relatou tudo o que aconteceu, fornecendo o nome do pastor e contando sobre outras vítimas. Os estupros vinham acontecendo a mais de dois anos. A policia agora segue à procura do pastor, que esta foragido.

Novos detalhes sobre o caso foram revelados no vídeo publicado pelo Zion, assista:

 

Fim dos tempos? Estátua em praça da ONU tem semelhança com a ‘besta’

A estátua de madeira foi instalada na praça das Nações Unidas, em Nova York, e tem deixado os evangélicos inquietos.


Cantora gospel Isadora Pompeo se despede das redes sociais

A cantora afirmou que as redes sociais lhe desestabilizaram, pois o seu nome estava chegando primeiro que a sua mensagem.


Bolsonaro convida Wesley Ros para concorrer a deputado federal em 2022

O encontro do pastor Wesley Ros com o presidente Jair Bolsonaro aconteceu no Palácio da Alvorada nesta sexta-feira (03).


Pastor Anderson Silva detona grupo Kemuel após escândalo

"Vive um padrão de pecado, mas faz parte do sistema que produz dinheiro", disse o pastor líder da Igreja Vivo Por Ti.


Posse de André Mendonça no STF é marcada para o dia 16 de dezembro

O recesso do judiciário inicia no dia 20 de dezembro, e André Mendonça só começará seus trabalhos no ano que vem.