Polêmicas

Agenor Duque diz que jejum de Bolsonaro foi uma farsa

O líder da IAPTD disse que o jejum do presidente não foi para Deus.

Redação | Publicado em: 30/03/21 às 9:47
Agenor Duque diz que jejum de Bolsonaro foi uma farsa
Agenor Duque comenta jejum de Bolsonaro

O líder da Igreja Plenitude do Trono de Deus (IAPTD), apóstolo Agenor Duque, criticou duramente o presidente Jair Bolsonaro pelo jejum que propôs à nação.

Duque chegou a apontar que o jejum do presidente foi uma farsa, e citou a bíblia como forma de desaprovação do ato.

– Êxodo 20 vrs 7: “Não tomarás em vão o nome do Senhor, o teu Deus, pois o Senhor não deixará impune quem tomar o seu nome em vão.” – disse o líder religioso.

No perfil do apostolo, uma imagem foi publicada como forma de crítica.

– Se ao entregar um jejum, troca um pastor ministro da Justiça pelo amigo do filho, e troca General por ex-mulher de gov. que está preso, desviando 900 milhões, o jejum não era para o meu Deus, era para o deus do quadro. – diz a imagem publicada por Agenor Duque.

 

CGADB lamenta morte do pastor Dário Gomes vítima da Covid-19

O líder religioso estava entubado há três semanas e não resistiu às complicações da doença.


“Causa indeterminada”, diz polícia sobre ladrão que morreu após oração de pastor

O caso aconteceu na madrugada do dia 5 de junho e o desenrolar dos acontecimentos tomou um desfecho surpreendente.


Morte do pastor Anderson do Carmo completa dois anos

O pastor foi brutalmente assassinado na madrugada de 16 de junho de 2019, na garagem de sua casa, no Rio de Janeiro.


Polícia diz que “serial killer” de Brasília tem PACTO COM O DIABO

O psicopata invadiu uma chácara no dia 9 de junho e matou a tiros e facadas um casal e dois filhos.


Cantor de dupla gospel famosa é acusado de abusar sexualmente de duas sobrinhas

O denunciado abusou por diversas vezes das menores enquanto elas ficavam em sua residência.