Pastor

Igreja poderá afastar pastor que disse que ia orar para Paulo Gustavo morrer

A conduta do pastor está sendo investigada pelo conselho de ética da igreja.

Caio Rangel | Publicado em: 16/04/21 às 10:42
Igreja poderá afastar pastor que disse que ia orar para Paulo Gustavo morrer
Pastor José Olímpio e Paulo Gustavo (Imagem da internet)

O pastor José Olímpio da Assembleia de Deus Missão em Alagoas virou o centro de uma grande polêmica após uma publicação feita em seu Instagram.

O religioso que é o assessor e braço direito do presidente da AD Alagoas, questionou os pedidos de orações feitos pela recuperação do ator e comediante Paulo Gustavo, internado em estado crítico com Covid-19.

“Esse é o ator Paulo Gustavo que alguns estão pedindo oração e reza. E você vai orar ou rezar? Eu oro para que o dono dele o leve para junto de si”, escreveu o pastor, junto a uma foto de Paulo Gustavo, na qual ele está atuando em uma cena que se passa em um ambiente religioso.

+ Pastor diz que vai orar para o ator Paulo Gustavo morrer

Circula nos corredores da Assembleia de Deus a informação de que, supostamente, a conduta do pastor está sendo investigada pelo conselho de ética da igreja.

Caso o conselho entenda que a conduta do pastor foi errada, ele poderá ser afastado do cargo por tempo indeterminado. Até o momento, a Assembleia de Deus não se manifestou sobre o caso. Os internautas e fãs do ator cobram um posicionamento da igreja sobre o ocorrido.

 

Ex-pastora faz sucesso com venda de nudes na web

Ela garante que isso a transformou em uma mãe melhor, pois agora consegue conversar abertamente com os filhos sobre sexo.


Morre pastor Henrique, pai da ministra Damares Alves, aos 92 anos

O reverendo atuava como pastor na Igreja do Evangelho Quadrangular.


Pastor é suspeito de matar adolescente de 14 anos

Ela foi encontrada em uma propriedade ao lado da casa do pastor. O corpo estava com um hematoma no pescoço e uma lesão na boca.


Mesmo “imunizado”, pastor José Wellington está na UTI com Covid-19

A família divulgou um novo boletim médico com informações atualizadas sobre o estado de saúde do religioso.


Inocência provada: Marcos Pereira é absolvido pela Justiça

Durante o tempo em que passou na prisão, o pastor aproveitou para evangelizar os presos e pregar o evangelho.