Pastor

Pastor que defendia “cura gay” tem conta do YouTube bloqueada

A conta do pastor no YouTube tinha 1,8 milhão de assinantes antes de ser bloqueada. Ele disse que irá recorrer da decisão.

Caio Rangel | Publicado em: 17/04/21 às 9:48
Pastor que defendia “cura gay” tem conta do YouTube bloqueada
Pastor T.B. Joshua Nigéria (Reprodução-internet)

O influente pastor de TV nigeriano T.B. Joshua teve a sua conta suspensa pelo YouTube sob a acusação de promover discurso de ódio.

Uma entidade de direitos humanos denunciou o pastor após analisar cerca de sete vídeos que mostravam ele fazendo orações para “curar” os gays.

Além de ter a sua conta suspensa no YouTube, pelo menos um post do pregador foi removido do seu Facebook. A publicação mostra uma mulher sendo esbofeteada, enquanto T.B. Joshua diz que está expulsando um “espírito demoníaco” de seu corpo.

A conta do pastor no YouTube tinha 1,8 milhão de assinantes antes de ser bloqueada. Ele disse que irá recorrer da decisão.

De acordo com um porta-voz do YouTube, o canal foi fechado, porque a política da plataforma “proíbe conteúdo que alega que alguém está mentalmente doente, enfermo ou inferior por causa de sua participação em um grupo protegido, incluindo orientação sexual”.

T.B. Joshua é um dos pastores mais influentes da África, com políticos importantes entre os seus seguidores.

O nigeriano Temitope Balogun Joshua, conhecido como T.B. Joshua, fundou a ‘Igreja Sinagoga de Todas as Nações’ (SCOAN, na sigla em inglês) na década de 1990. Ele é dono da rede de TV cristã Emmanuel TV e alega curar todos os tipos de doença, incluindo o HIV/Aids.

 

 

 

 

Ex-pastora faz sucesso com venda de nudes na web

Ela garante que isso a transformou em uma mãe melhor, pois agora consegue conversar abertamente com os filhos sobre sexo.


Morre pastor Henrique, pai da ministra Damares Alves, aos 92 anos

O reverendo atuava como pastor na Igreja do Evangelho Quadrangular.


Pastor é suspeito de matar adolescente de 14 anos

Ela foi encontrada em uma propriedade ao lado da casa do pastor. O corpo estava com um hematoma no pescoço e uma lesão na boca.


Mesmo “imunizado”, pastor José Wellington está na UTI com Covid-19

A família divulgou um novo boletim médico com informações atualizadas sobre o estado de saúde do religioso.


Inocência provada: Marcos Pereira é absolvido pela Justiça

Durante o tempo em que passou na prisão, o pastor aproveitou para evangelizar os presos e pregar o evangelho.