Política

Bolsonaro interrompe entrevista e faz jornalistas orarem o “Pai Nosso”

O presidente se irritou com algumas perguntas e interrompeu a entrevista para fazer a oração.

Caio Rangel | Publicado em: 13/07/21 às 8:37
Bolsonaro interrompe entrevista e faz jornalistas orarem o “Pai Nosso”
Jair Bolsonaro (Reprodução)

Nesta segunda-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) protagonizou uma cena inusitada. Ele se irritou com alguns jornalistas que faziam a cobertura em frente ao STF e pediu para que todos eles orassem o “Pai Nosso”.

Bolsonaro se encontrou com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, na tarde desta segunda, para debater, segundo o ministro, a importância do respeito às instituições e aos limites impostos pela Constituição.

Após a reunião que durou cerca de 20 minutos, Bolsonaro foi questionado por repórteres sobre o “arrependimento” nas falas sobre as eleições presidenciais. Com isso, o chefe do executivo se irritou e interrompeu a entrevista para orar o “Pai Nosso”.

“Para de falar em ‘se arrepender’! O que está feito, está feito. Eu não vim aqui para brigar com ninguém. Acabei de falar. Vai acabar a entrevista! Vamos rezar o ‘Pai Nosso’ aqui? Vamos lá, me ajudem…”, disse Bolsonaro em entrevista a jornalistas.

 

Pastor Alexandre Silva prepara caravana para viagem à Israel

O líder da TDM Church, em Massachusetts, se referiu à cidade de Jerusalém como a capital espiritual do planeta terra.


Segundo juiz, Valdemiro Santiago recebeu quantia milionária da Igreja Mundial

Só no ano de 2020, a igreja repassou mais de R$ 1,2 milhão para o religioso.


Com câncer, Pr. Cláudio Claro está internado em estado grave

O religioso que é líder do Ministério Tabernáculo de Davi precisa urgente de transfusões de sangue de qualquer tipo.


Pastor da Igreja Atitude, esposa e filha morrem em grave acidente

A única sobrevivente foi a filha mais velha do casal, de 10 anos.


Revelação tenebrosa sobre Leonardo Sale e Paulo Neto circula na web

O youtuber Feliciano Lima afirma que mais escândalos estão prestes a acontecer no meio do povo evangélico.