Apóstolo

“Vivemos a república do ódio”, diz apóstolo bolsonarista Estevam Hernandes

A declaração do líder religioso é feita três anos após a vitória de Bolsonaro e em meio a uma pandemia.

Caio Rangel | Publicado em: 23/07/21 às 10:56
“Vivemos a república do ódio”, diz apóstolo bolsonarista Estevam Hernandes
Apóstolo Estevam Hernandes (Reprodução)

O apóstolo Estevam Hernandes, líder da Igreja Renascer em Cristo e apoiador de Bolsonaro, disse que “estamos vivendo a república do ódio, e aí fica muito complicado falar sobre intolerância”.

A declaração do líder religioso é feita três anos após a vitória de Bolsonaro e em meio a uma pandemia. Vale destacar que, Hernandes aconselhou Bolsonaro na eleição de 2018 a pregar mais “amor e tolerância”.

A pandemia da Covid-19 no Brasil já dizimou mais de 543 mil pessoas. E o religioso saiu em defesa do presidente, criticando quem o chama de genocida.

“Sabe, acho sinceramente um absurdo, um absurdo, pegar uma homem e falar que ele é genocida dentro de uma pandemia”, disse.

Neste sábado (24), o apóstolo Estevam Hernandes irá liderar a “Carreata da Solidariedade”, versão sobre rodas da Marcha para Jesus, o maior evento evangélico da América Latina.

O evento idealizado pelo apóstolo teve sua primeira edição em 1993. A Marcha deve acontecer esse ano em novembro, se a crise sanitária esmorecer.

Para o religioso, que já foi eleitor de Lula e hoje vota em Bolsonaro, dificilmente a esquerda reconquistará o apoio da classe evangélica. Questões como o aborto “são barreiras efetivas”, diz ele.

Contudo, o apóstolo conservador de direita critica a visão de que evangélico não pode ser de esquerda.

“Se você está na Renascer e é PT, esquerda, amém”, afirma. “As vezes as pessoas falam ‘Deus não é de direita nem de esquerda, Deus é amor'”.

 

Cantor gospel e pastor Cláudio Claro morre vítima de câncer

Cláudio Claro deixa como legado canções queridas por igrejas de todo o Brasil, como Videira, Pão da Vida, Libertador e Profetiza


Cantora gospel Lydia Moisés revolta seguidores com posts sobre política

Alguns fãs questionaram a cantora e pediram para ela defender o evangelho do mesmo jeito que ela defende o presidente.


Igreja Evangélica elege primeiro bispo transgênero

Nos próximos seis anos, o reverendo de 41 anos, que se identifica como homem e mulher, irá chefiar o Sínodo da ELCA.


Andressa Urach é internada em hospital de Porto Alegre

A modelo foi diagnosticada com uma forte infecção urinária, que já está sendo tratada.


Pastor é morto e enterrado pelo próprio filho de 15 anos

O adolescente e mais dois amigos foram apreendidos pela polícia. O corpo de Jonas dos Santos foi enterrado nesta quinta-feira (16).