Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
Política

A pedido do PT, Barroso proíbe cristãos de pregarem o evangelho para índios

A bancada evangélica repudia o veto para missões em terras indígenas.

Caio Rangel | Publicado em: 24/09/21 às 14:58
A pedido do PT, Barroso proíbe cristãos de pregarem o evangelho para índios
Luís Roberto Barroso (Reprodução internet)

O ministro Luís Roberto Barroso do ‘Supremo Tribunal Federal’ (STF) vetou a entrada de missões religiosas em aldeias indígenas isoladas durante a pandemia da Covid-19.

A decisão foi repudiada pela Frente Parlamentar Evangélica que publicou uma nota nesta sexta-feira (24), que diz que a determinação vale-se de “premissas equivocadas” e pauta-se em “interpretações distorcidas dos princípios constitucionais”, agredindo a “liberdade religiosa e a separação de Poderes”.

Nos últimos meses, Barroso e o presidente Jair Bolsonaro não têm chegado a um entendimento e, desta vez, o ministro entrou mais uma vez na mira da bancada evangélica, que é ligada ao chefe do Executivo.

A decisão de Barroso atende a uma ação do Partido dos Trabalhadores (PT) e da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), que fez o pedido à Corte em caráter liminar.

A frente parlamentar considera ainda que a decisão foi “claramente orientada por ideologia declaradamente anticristã e antidemocrática, com simples intuito de promover, acintosamente, inadmissível perseguição ideológica e religiosa aos missionários cristãos”.

O ministro deferiu parcialmente o pedido: ele vetou a entrada, mas autorizou a permanência dos religiosos que já estão nas aldeias.

“Apenas para que não haja dúvida sobre o alcance da cautelar já proferida e em vigor há mais de um ano, explicito que ela impede o ingresso em terras de povos indígenas isolados e de recente contato de quaisquer terceiros, inclusive de membros integrantes de missões religiosas”, afirmou.

 

Exclusivo: Amanda Wanessa esperou dois meses por prótese craniana

Segundo o neurocirurgião, a demora poderia causar hidrocefalia, acidentes vasculares encefálicos e alteração cognitiva.


Cantor gospel Fernandinho diz que a ansiedade é um “pecado”

O artista justificou sua declaração, dizendo que quando ficamos ansiosos, estamos dizendo que Deus não cuida da nossa vida.


Leonardo Sale vira réu

A ex-esposa do líder da IPTM quer voltar à vice-presidência da igreja.


Heresia na Casa: Léo Brandão defende o “evangelho Nutella”

A pregação do pastor dividiu a opinião dos internautas, e ele recebeu muitas críticas, até mesmo dos próprios seguidores.


Abílio Santana é favorito para reeleição pela Bahia, aponta enquete

O pastor está em seu primeiro mandato de deputado federal.