Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Política

Novo Código Eleitoral permite propaganda política em igrejas

Além das igrejas, universidades também poderão ser usadas para fazer propaganda eleitoral.

Caio Rangel | Publicado em: 08/10/21 às 10:11
Novo Código Eleitoral permite propaganda política em igrejas
Bispo Edir Macedo e Jair Bolsonaro (Reprodução)

O Novo Código Eleitoral que foi aprovado na Câmara dos Deputados tem dado o que falar. Agora, igrejas e universidades poderão ser usadas para fazer propaganda eleitoral.

Anteriormente, essas instituições eram proibidas de receber debates públicos sobre política durante o período eleitoral. Entretanto, o novo código não valerá para as eleições de 2022. Para isso, ele deveria ter sido aprovado e sancionado antes do dia 2 de outubro.

“Com o intuito de assegurar a liberdade de expressão, as manifestações proferidas em locais em que se desenvolvam atividades acadêmicas ou religiosas, tais como universidades e templos, não configuram propaganda político-eleitoral e não poderão ser objeto de limitação”, diz o artigo 483, do inciso 3 do PLP – 112-2021.

Com a aprovação do novo código, igrejas e candidatos ficam livres das acusações de abuso de poder religioso, ato que fez com que muitos políticos perdessem seus mandatos por participarem de eventos religiosos e receberem apoio de igrejas.

 

Danielle Cristina: Álbum “Fidelidade” chega a 10 milhões nas plataformas digitais

O álbum foi lançado em 2009, mas ainda hoje faz muito sucesso como um dos melhores discos do segmento pentecostal.


Pastora é assassinada por ex-presidiário que ela estava evangelizando

O acusado tem uma extensa ficha criminal, e responde por diversos crimes.


Assembleia de Deus adia despedida do pastor Daniel Nunes

Segundo informações da denominação, o objetivo do culto é agradecer a Deus pela vida e pelo tempo de ministério do pastor.


Igreja evangélica causa polêmica ao anunciar rifa de espingarda calibre 12

Além da espingarda, um registro CAC (Colecionador, Atirador e Caçador) também está sendo sorteado.


Leonardo Gonçalves diz que Bancada Evangélica poderá se aliar a Lula

O cantor gospel disse que a Bancada Evangélica é o "Centrão", e que ela irá se aliar ao "poder", independente de quem vença.