Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
Cantora

“Histórias de Pijamas”: José Fernandes Vilas comenta o novo projeto de Cristina Mel

José Fernandes Vilas é médico, neurocientista e autor do livro “Quando o sucesso vira burnout- A síndrome do esgotamento profissional”.

Caio Rangel | Publicado em: 07/12/21 às 16:46
“Histórias de Pijamas”: José Fernandes Vilas comenta o novo projeto de Cristina Mel
Cantora gospel Cristina Mel (Reprodução)

Uma das principais formas de transmitir o saber e estimular, de forma a impulsionar a criatividade e a imaginação das crianças, é através do uso de histórias. Na educação infantil, essa prática já é utilizada de forma exponencial, visto que os grandes pesquisadores em educação, no país e no mundo, a incentivam massivamente, uma vez que de fato desperta o interesse e serve como gatilho para a interação e possibilita diversas formas de expressão direta entre os pequenos.

Durante o momento lúdico, tanto na sala de aula quanto na hora de deitar para dormir, é possível criar um ambiente de fácil entendimento, gerando identificação com o mundo real e promovendo curiosidade e atenção ao que é dito.

Entre as inúmeras vantagens de expor a criança a esses encontros com a literatura, está o desenvolvimento da escrita, da verbalização/oralidade e do contato com os símbolos da escrita. Neste sentido, há o desenvolvimento da autonomia, formulação de pensamento, capacidade de argumentação, além das crianças vivenciarem de forma não traumática diversas emoções, como medos e angústias, as ajudando de forma indireta a lidar com conflitos emocionais próprios, amenizando sobrecargas do cotidiano.

Neste sentido, quero utilizar como argumentação os textos bíblicos, que são de extrema relevância na construção de um sentido para a base da fé e da existência no mundo secular, embasando experiências com os heróis cristãos. O próprio Jesus utilizava formas de linguagens conhecidas como parábolas, para elucidar e argumentar seus ensinamentos, estimulando seus discípulos em um processo de análise parábolas-contextualização pessoal, para acelerar o processo de reconhecimento pessoal de seus seguidores.

A artista de música cristã brasileira Cristina Mel, com mais de 30 anos de ministério no segmento gospel e mais de 8 milhões de exemplares vendidos, tem dedicado seu tempo, paralelamente, à carreira direcionada ao público cristão adulto e desenvolvido um projeto incrível para a criançada. Já foram inúmeros trabalhos, entre eles, CDs e DVDs, e agora, no mês em que comemoramos o Dia das Crianças, ela lançou as “Histórias de Pijamas”, em uma tentativa certeira de abarcar esta lacuna no mercado gospel, tão vazio de obras direcionadas e embasadas na literatura cristã, na educação e no desenvolvimento do caráter, na personalidade cristã e na propagação do evangelho aos pequeninos.

Contar histórias é uma prática antiga na sociedade. Através dela, os textos bíblicos chegaram até os seus descritores originais. A oralidade é um mecanismo usado há muito tempo para propagar a cultura, expressando sentimentos, conhecimentos e experiências – o que mantém tradições e costumes.

É neste sentido que se embasa este novo projeto da “abelha rainha da música gospel”: gerar a empatia das crianças – que necessitam de trabalhos enriquecedores como esse – pelo texto, através da fala de seus genitores.

É válido lembrar que, no mundo da Neurociência, há inúmeros artigos científicos que comprovam que, através desta prática, aumenta-se o contato pais-filhos, gerando união e amor e despertando neste ser em evolução o desenvolvimento de sentimentos de conexão com a nossa fé.

Esses são alguns fatores que mostram a importância da contação de histórias para a educação das crianças. Agora, depende de você a atitude de expor seu filho ao melhor conteúdo de educação cristã: “Histórias de Pijamas”.

 

André Valadão: “Mais fácil expulsar demônio do que convencer petista que Lula é ladrão”

Essa foi a resposta do pastor e cantor gospel a uma pergunta inusitada de um internauta.


Pastor Aldenir Lyra é internado em estado grave com Covid-19

O religioso é presidente da Assembleia de Deus Madureira em Paraíso do Tocantins.


Lauriete posta TBT com Cassiane e afasta boatos de que elas estariam brigadas

No ano passado, Cassiane admitiu que ela e Lauriete estavam afastadas, mas descartou que existisse alguma rixa entre elas.


Entenda como foi a separação de Ludmila Ferber e pastor José Antônio Lino

A cantora gospel Ludmila Ferber e José Antônio Lino se separaram em 2014 após 21 anos de matrimônio.


Assassino da mãe de Delino Marçal é indiciado pela Polícia Civil

A pastora Odete Rosalina Machado da Costa, de 79 anos, foi morta no dia 14 de janeiro, em Goiânia (GO).