Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Polêmicas

Daciolo volta a afirmar que facada em Bolsonaro foi uma armação

O político disse que tudo não passou de uma invenção da maçonaria e da Nova Ordem Mundial.

Caio Rangel | Publicado em: 04/01/22 às 10:11
Daciolo volta a afirmar que facada em Bolsonaro foi uma armação
Cabo Daciolo (Reprodução)

Após desistir de sua candidatura à Presidência da República para apoiar Ciro Gomes, Cabo Daciolo voltou a causar polêmica nas redes sociais.

Nesta segunda-feira (3), o político declarou que não acredita que o presidente Jair Bolsonaro tenha sofrido uma facada em 2018.

Através de suas redes sociais, Daciolo afirmou que tudo não passou de uma invenção da maçonaria e da Nova Ordem Mundial.

“Eu não acredito em facada de Bolsonaro nenhuma. Cabo Daciolo não acredita. Eu vou dizer o que que eu acredito: Bolsonaro estava com uma enfermidade e tinha que fazer uma cirurgia e aí a maçonaria junto com a Nova Ordem Mundial montou todo esse espetáculo aí. Foi isso o que aconteceu”, afirmou.

Ele também disse que a teoria era “algo que está no meu coração há muito tempo”, e que o dia 6 de setembro foi escolhido estrategicamente para ser lembrado como um atentado às vésperas do feriado da Independência da República.

“Se for de Deus o que eu estou falando aqui, isso tudo vai cair por terra em nome do senhor Jesus Cristo. Observa que logo depois da facada, no dia seguinte, o senhor Silas Malafaia já estava dentro do hospital convocando todo o povo, e 7 de setembro, né? Um dia importante para a nação, já para fazer parte dessa caminhada aí, desse governo maçom. Tá repreendido em nome do Senhor Jesus Cristo”, disse.

As declarações de Daciolo causaram polêmica, pois o presidente Jair Bolsonaro deu entrada no hospital Vila Nova Star na madrugada desta segunda-feira (3), onde segue internado.

O motivo da internação é uma obstrução intestinal, sequela da facada que sofreu em 2018 durante campanha eleitoral.

Essa não é a primeira vez que Daciolo afirma que a facada em Bolsonaro foi uma farsa. Em março do ano passado, ele fez a mesma declaração sobre o acontecido.

Veja o vídeo:

 

Danielle Cristina: Álbum “Fidelidade” chega a 10 milhões nas plataformas digitais

O álbum foi lançado em 2009, mas ainda hoje faz muito sucesso como um dos melhores discos do segmento pentecostal.


Pastora é assassinada por ex-presidiário que ela estava evangelizando

O acusado tem uma extensa ficha criminal, e responde por diversos crimes.


Assembleia de Deus adia despedida do pastor Daniel Nunes

Segundo informações da denominação, o objetivo do culto é agradecer a Deus pela vida e pelo tempo de ministério do pastor.


Igreja evangélica causa polêmica ao anunciar rifa de espingarda calibre 12

Além da espingarda, um registro CAC (Colecionador, Atirador e Caçador) também está sendo sorteado.


Leonardo Gonçalves diz que Bancada Evangélica poderá se aliar a Lula

O cantor gospel disse que a Bancada Evangélica é o "Centrão", e que ela irá se aliar ao "poder", independente de quem vença.