Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Polêmicas

Leonardo Sale vira réu

A ex-esposa do líder da IPTM quer voltar à vice-presidência da igreja.

Redação | Publicado em: 22/01/22 às 10:33
Leonardo Sale vira réu
Leonardo Sale (Reprodução)

A ex-esposa do pastor Leonardo Sale, Franciane Pereira Gonçalves, da Igreja pentecostal Templo de Milagres (IPTM), luta na justiça para ser reconduzida ao cargo de vice-presidente do ministério.

Segundo conta nos autos do processo de número 0205197-12.2021.8.19.0001, que tramita no foro de Jacarepaguá, Franciane conta que “após o divórcio de LEONARDO SALE DOS SANTOS e a Autora, em 2018, a Requerente foi impedida de continuar exercendo suas atividades religiosas por determinação do seu ex-cônjuge, Presidente daquela congregação”.

Ela também diz na ação que “a IGREJA PENTENCOSTAL TEMPLO DOS MILAGRES – IPTM foi fundada pelo casal em 2014, ele no cargo de Presidente e ela exercendo a Vice-Presidência, e teve o seu afastamento de forma inesperada e indevida, inclusive, foi proibida de praticar qualquer ato na instituição a qual colaborou com a fundação”.

A função de Franciane era “administrar a entrada e saída de recursos financeiros do gazofilácio, ministrar cultos, evangelizar, batizar, cantar”, e tudo isso ela não pôde mais fazer na igreja após o divórcio.

Ela diz que se “sente responsável pela administração daquela instituição, uma vez que, seu nome consta como membro da diretoria, razão pela qual teme pelas irregularidades que possam ter havia durante o período de sua ausência, ou seja, como estão sendo realizadas as retiradas de valores, assinaturas de contratos de locações, aquisição de veículos, transferências de valores para bancos estrangeiros, utilização de cartões de crédito nacional e internacional, contas bancárias, e os demais ativos e passivos, os quais ela não tem mais acesso, senão por via judicial”.

A defesa da ex-esposa de Leonardo Sale pede “o deferimento de tutela antecipada, para que a autora assuma o seu cargo de vice-presidente, no prazo de 72 (setenta e duas) horas, a contar da citação, sob multa diária no valor
de R$ 1.000,00 (hum mil reais), a partir da distribuição da presente ação”.

Até o fechamento desta matéria, Leonardo Sale não havia atendido a solicitação.

 

Erramos: Filho de prefeita não viu Isadora Pompeo com cigarro em camarim

Publicamos que a cantora teria sido flagrada fumando cigarro eletrônico antes de show


Pastor da ADVEC manda indireta para fiel em culto: “Pilantra e fofoqueira”

O pastor Davi Leal, líder da ADVEC Recreio (RJ), usou o púlpito da igreja para desabafar e defender a sua honra após acusações.


Deive Leonardo se apresenta no Rio com ingressos esgotados

Em junho, Deive se apresenta em Goiás, Curitiba, São Paulo e Porto Alegre.


Organizadores do evento desmentem Jessé Aguiar

“Maior mentira contada nos últimos tempos! Mude suas atitudes e seja homem Jessé Aguiar!”, disse um dos organizadores do evento em Pernambuco.


Igreja Batista se solidariza com casal gay discriminado em igreja evangélica de Aracaju

O casal que frequentava a Igreja Família Renovada há dois anos, foi impedido de ser batizado, após ter realizado o curso batismal.