Feliciano pede perdão e diz que “não vigiou” ao elogiar filme de Danilo Gentili

O político também aproveitou para lembrar que já sofreu perseguição por defender a família tradicional, e que a esquerda o odeia.

Caio Rangel | Publicado em: 14/03/22 às 15:18h