Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Cantora

Kemilly Santos revela que está sofrendo assédio e pede orações

Um homem de 44 anos, que se mudou para cidade onde ela mora, passou a persegui-la até na igreja e em locais públicos.

Caio Rangel | Publicado em: 30/06/22 às 15:31
Kemilly Santos revela que está sofrendo assédio e pede orações
Cantora gospel Kemilly Santos (Reprodução)

A cantora gospel Kemilly Santos usou as redes sociais para informar que está sendo vítima de perseguição e importunação sexual.

O suspeito é um homem de 44 anos que se mudou para a cidade onde a artista mora e passou a persegui-la até na igreja e em locais públicos.

Este homem tem acesso à residência da cantora e toda manhã e madrugada passa em frente à sua casa. Kemilly contou que o seu irmão sofreu uma tentativa de homicídio. De acordo com ela, o sujeito tentou passar com o carro por cima do irmão dela.

Ela relata ainda que o homem vai nos eventos e nas igrejas em que ela canta e tenta se aproximar dela afirmando que é o seu namorado e que vai casar com ela.

Em um vídeo, Kemilly pede socorro e diz que já comunicou as autoridades competentes, e que vai solicitar medidas protetivas, a fim de que o sujeito não se aproxime dela.

 

 

“Vai Passar” na voz de Eliane Fernandes ultrapassa 200 milhões de views no YouTube

Sucesso gravado anteriormente na voz de Gerson Rufino, a canção segue atemporal e sendo um hit.


Ex-cantora gospel Priscilla Alcantara desabafa: “Odeio esse governo”

A cantora é mais uma celebridade da Rede Globo que faz questão de dizer que não apoia o presidente Jair Bolsonaro.


Damares Alves detona culto da Igreja Casa: “Apologia à pedofilia”

O culto vai acontecer neste sábado (13), e recebeu o nome de "Vem Novinha", o que gerou a revolta dos evangélicos.


Fim do período sabático? Volta do Oficina G3 agita a web

Às 15 horas desta sexta-feira (12), a banda irá se pronunciar em suas redes sociais, para acabar com todo o suspense.


Igreja Casa anuncia culto “Vem Novinha” e causa polêmica

O nome do culto está dando o que falar nas redes sociais e causando indignação por parte da comunidade evangélica.