Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Política

Damares Alves desiste do Senado após perder apoio de Bolsonaro

A ex-ministra disse que é "um soldado a serviço do capitão Bolsonaro", e que suas decisões são tomadas pensando no projeto do Brasil.

Caio Rangel | Publicado em: 22/07/22 às 10:05
Damares Alves desiste do Senado após perder apoio de Bolsonaro
Damares Alves (Reprodução)

A ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves, não é mais pré-candidata a senadora pelo Distrito Federal.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o presidente Jair Bolsonaro teria ligado pessoalmente para ela e pedido a sua desistência.

Para o seu lugar, Bolsonaro decidiu apoiar a ex-ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda (PL), na chapa de Ibaneis Rocha, candidato à reeleição ao governo do Distrito Federal.

Segundo a reportagem da Revista Veja, Bolsonaro deseja agora que Damares saia candidata a deputada federal, atuando juntamente com o ex-governador Arruda como “puxadora de votos”.

Através das redes sociais, Damares se manifestou e disse que não foi traída por Bolsonaro, e também não foi forçada por ele a desistir. No entanto, confirmou que tomou a decisão após uma reunião com o chefe do Executivo.

“Saibam que o Presidente Bolsonaro não me traiu, não me passou rasteira alguma e tampouco me forçou a recuar em minha pré-candidatura ao Senado pelo Distrito Federal.

De fato, tivemos uma reunião e entramos em consenso sobre a importância de fortalecer a direita no Distrito Federal”, disse ela.

Damares também acrescentou que é “um soldado a serviço do capitão Bolsonaro”, e que suas decisões são tomadas pensando no projeto do Brasil.

“Gente, sou soldado do Capitão Bolsonaro e todas as minhas decisões são tomadas pensando no projeto do Brasil! Agradeço todas as mensagens de carinho! E a esquerda que se segure! Eu ainda farei muito barulho contra seus planos nefastos!!”, concluiu.

Damares Alves é o segundo nome evangélico que perde o apoio de Bolsonaro, o primeiro foi o deputado federal Marco Feliciano, que teria o apoio do presidente para disputar o Senado por são Paulo, mas foi trocado por Marcos Pontes, ex-ministro de Ciência e Tecnologia.

 

Cantor gospel Gerson Rufino é confirmado candidato a deputado estadual

Há alguns meses, ele havia divulgado que seria candidato, mas não sabia se seria federal ou estadual.


Youtuber Wellington Mattos responde bispa Isa Reis

Wellington disse que a bispa é endemoniada, pois não vive o que prega, se divorcia e não pega disciplina pelos seus erros.


Turnê Humanos do Oficina G3 inicia dia 29 de setembro

Considerada uma das maiores bandas de rock do Brasil, Oficina G3 estava em período sabático há cinco anos.


Isa Reis desabafa e xinga youtubers que a perseguem: “Vagabundos”

De acordo com a pregadora, desde 2013, ela sofre com ataques na internet por parte de alguns youtubers.


Assembleia de Deus em Sergipe não terá candidatos oficiais nas eleições 2022

A Assembleia de Deus João Alves Filho tem como presidente o pastor Lorival Carlos Meneses.