Irmã Mônica bate-boca com Feliciano na Câmara: “O senhor não me intimida”

A evangélica e militante petista também criticou o fato do pastor cobrar R$ 18 mil para pregar em igrejas

Caio Rangel | Publicado em: 21/09/23 às 13:37h Atualizado em 21/09/2023 13:38