Música

Saiba antes: Cantor famoso irá anunciar saída da música gospel e retorno ao secular

O cantor se dedicou a música gospel em 2012, depois de haver se tornado uma das maiores referências do forró

Izael Nascimento | Publicado em: 05/07/18 às 7:17
Saiba antes: Cantor  famoso irá anunciar saída da música gospel e retorno ao secular
Quem será o cantor gospel ?

Mais um artista famoso na música gospel está se preparando para voltar ao mercado secular. Dono de uma carreira extensa na música, Marquinhos Maraial não é um artista qualquer, ele também é um dos maiores compositores do país, e suas composições praticamente construíram as carreiras de diversos artistas e bandas de forró.

Nomes como: Luan Santana, Ivete Sangalo, Gusttavo Lima, Bruno e Marrone, Leonardo, Magníficos, Calypso, Araketu, Flávio José, Jorge de Altinho, Geraldinho Lins, e vários outros, gravaram suas composições.

Marquinhos Maraial se converteu em 2011, e foi contratado pela gravadora Novo Tempo, da igreja Adventista do Sétimo Dia. O artista gravou dois CD’s pela gravadora, “Esperou por mim e Porção dobrada.”

Em 2012 chegou a lançar um DVD pela gravadora, seria o seu primeiro trabalho gospel a receber inúmeros elogios e projetá-lo de vez dentro desse cenário.

Ainda em 2012, o cantor apareceu na Tv Novo Tempo contando seu testemunho, confira:

As especulações sobre Marquinhos Maraial estar saindo da música gospel, começaram depois que ele passou a aparecer ao lado de um dos maiores empresários de bandas de forró do país, Toninho TN. Eles já foram parceiros em vários projetos, e o retorno de Marquinhos ao forró, é justamente com o apoio de Toninho.

Na imagem abaixo, o artista aparece assinando contrato.

Marquinhos Maraial abandona a musica gospel

Marquinhos Maraial abandona a musica gospel

Música gospel perdeu outros em 2018

Marquinhos Maraial não é o primeiro artista a abandonar a carreira na música gospel em 2018,  Marcos Nunes, um cantor baiano que faz sucesso no Brasil, confirmou ao O Fuxico Gospel com exclusividade, a decisão de descontinuar sua carreira na música gospel.

Marcos Nunes gravou um DVD e vários CD’s, inclusive, pela Som Livre. Foram diversos hits de sucesso e composições que o levaram a alcançar uma legião de seguidores e admiradores.

Filho e irmão de pastores evangélicos, Marcos Nunes disse ter tomado a decisão apenas de não gravar mais música gospel, porém, seguirá firme no evangelho; “Continuo o mesmo, servindo e adorando ao mesmo Deus, congregando na mesma igreja e marido da mesma mulher, só que agora, não atuando mais no mercado onde trabalhei os últimos 15 anos da minha vida” disse ele.

Perguntamos o que motivou o cantor a largar o mercado gospel, e ele foi bem enfático; “Não foi dinheiro!”

O cantor esclareceu que foi uma série de fatores que contribuíram para sua decisão; “No gospel eu ganhei grana mas não Tinha mais alegria em continuar fazendo isso, vi algumas coisas que me fizeram ter a certeza que não queria mais continuar”.

+ 10 notícias gospel impossíveis de acreditar

Gravará música secular?

O mais comum é que, quando um cantor sai da música gospel, ele passa a gravar secular. No caso de Marcos Nunes, ele confirmou que em um futuro próximo, pretende lançar um trabalho romântico. Ele não definiu datas, mas sempre deixou claro que não sairá da igreja.

+ Descubra quem é o primeiro cantor a largar a música gospel em 2018

 

Pastora “modinha” Renálida Carvalho coloca silicone

Renalida Carvalho realizou uma mamoplastia com prótese de silicone para o aumento dos seios.


Cantor Irmão Lázaro está vivo e respondendo bem ao tratamento

A assessoria do cantor usou as redes sociais para desmentir o boato de que o artista havia morrido, no início da noite desta sexta-feira (26).


Após culto com 1.200 pessoas, MP notifica igreja de Malafaia

Malafaia alega que cumpriu os protocolos contra o contágio da Covid-19, mesmo tendo reunido mais de mil fiéis em um espaço fechado.


Jotta A surge de “drag queen” e web não perdoa

O artista que resolveu sair do armário no ano passado continua surpreendendo e dando o que falar na internet.


Um dia após culto ser interditado, Malafaia reúne milhares de fiéis no PR

O pastor se defendeu dizendo que só haviam 1.200 pessoas, e que o local comportava 3.000 pessoas.