Africanos adoram a Deus ao ar livre depois de tragédia

Nem mesmo a grande tragédia há mais de 10 dias na África que devastou 3 países, foi suficiente para impedir que os mesmos adorassem a Deus


1 ano atrás | Micael Batista



Em meio aos destroços, africanos se rendem a Deus (REPRODUÇÃO)

Após a grande tragédia que ocorreu na África e devastou 3 países, entre eles foram: Moçambique, Zimbábue e Malawi, não houve impedimentos suficientes para que aquele povo deixasse de render gratidão a Deus.

O ciclone Idai é considerado um dos maiores fenômenos naturais existentes em todo mundo, desse modo, tendo praticamente toda a vida destruída, nem mesmo esses piores momentos conseguiram tirar as forças deles.

+Denúncia: Mara Lima abre o jogo e revela que sofreu violência doméstica

Segundo o presidente de Moçambique, Filipe Nyusi acredita que os mortos ultrapassam a casa dos 1.000, porém oficialmente já foram contabilizados mais de 750 óbitos e 110 mil pessoas desabrigadas.

Os números são chocantes e o que deixa-os mais ameaçados além de toda estrutura destruída, é o surto de cólera, que já foi confirmado pelas próprias autoridades, agentes da saúde.

Durante os últimos dias, com suas programações diárias de cultos, o povo africano ao ar livre tem realizado os próprios rituais religiosos, para render gratidão a quem os livrou da morte.

O povo desse continente, segundo informações são pessoas que possui um grau de honra a Deus muito elevado, e pelo fato não são as adversidades da vida que fará com que eles excluam seus costumes religiosos.

Diante disso, todo choque que eles tem enfrentado, é apenas uma oportunidade para que aquele povo continue buscando a Deus.

+Solteira, Lauriete diz não sentir falta de Magno Malta

O Pastor da cidade da Beira, região que foi mais afetada com todo fenômeno natural foi testemunho vivo do caso.

“Nós temos que agradecer a Deus por tudo o que Ele fez por nós. As nossas casas caíram, mas Deus sempre merece ser louvado. Estamos aqui para louvar o nosso Deus”, concluiu.




publicidade

Mais artigos

Professora é investigada por dizer que homossexualidade é “pecado”

Ela fazia uma leitura do conceito de heteronormatividade, criado por Michael Warner em 1991, que se refere à homossexualidade como “desvio”, “crime”, “aberração”, “doença”, “perversão”, “imoralidade” e “pecado”


Cantor Samuel da dupla “Daniel e Samuel” deixa UTI após sete dias internado

No último dia 7 de julho, o cantor  sofreu um infarto e precisou passar por um procedimento de emergência


Pastor é preso suspeito de cometer abusos sexuais

O religioso teria assediado várias fiéis, incluindo duas adolescentes


Andressa Urach critica cantoras famosas e anuncia seu novo single

Urach se tornou evangélica em 2015, e está prestes a ingressar no ramo da música


Morre com Covid-19 mais um pastor da Assembleia de Deus

O pastor Derly da Silva tinha 53 anos e estava internado há mais de um mês


Yvelise de Oliveira toma atitude inesperada após separação de Elaine de jesus

A empresária Yvelise de Oliveira é dona da MK, gravadora da cantora Elaine de Jesus,


Filho caçula de Eyshila ironiza e pede oração para ganhar acessórios de drag queen

Caso você queira incluir esses detalhes na sua lista de oração. Agradeço, disse Lucas Oliveira a uma seguidora


Terror: Homem invade igreja atira contra quatro pessoas e se mata

Ele chegou na igreja conturbado e disse havia feito uma bobagem


Nova regra pode levar a extinção dos “candidatos oficiais” das igrejas

O ministro Edson Fachin, que compõe o TSE, propôs a inclusão do abuso de poder religioso como crime eleitoral


Aline Barros fará live solidária em prol da AACD

A live acontecerá no próximo sábado (18), com a participação de grandes nomes da música gospel