Depois de Samuel Procópio, pastora Camila Barros humilha tecladista

Mais uma vez um músico é humilhado durante um culto


1 ano atrás | Caio Rangel



Camila Barros (Reprodução)

Na última semana o pastor e pregador itinerante Samuel Procópio, teve seu nome envolvido na maior polêmica de sua carreira. Veio a tona um vídeo em que o pastor humilha um tecladista que está fazendo fundo musical para ele.

Tudo começou quando Procópio pediu para o músico tocar “Eu navegarei”. Enquanto ele falava, o tecladista tentava se concentrar para encontrar as notas, porém, mal o rapaz teve tempo de executar a melodia, o pregador voltou novamente e começou a sessão de humilhação;

“Se não conseguir chama alguém que saiba! Não, não ta saindo não! Escuta aqui, deixa eu explicar pra você; eu só deixei você fazer o fundo [musical] pra mim, por que nós não ensaiamos nada antes. Eu vim essa semana inteira jejuando, hoje foi minha folga no jejum, por que o negócio tem que ter alto nível.”

+ Urgente: Templo sede da AD Madureira pega fogo

Na verdade, a grande maioria desses pregadores itinerantes usam fundo musical em suas ministrações, pois dessa maneira, fica mais fácil emocionar a multidão para fazer o movimento.

No entanto, não costumam trazer um músico com eles, e se utilizam do instrumentista que já está no evento. Sendo, que, eles são quase que obrigados a adivinhar a melodia que tais pregadores querem, e quando isso não acontece, tratam os músicos com desprezo e arrogância.

A então pastora Camila Barros, deu um “chega pra lá” em um tecladista que fazia fundo musical em uma de suas ministrações. Enquanto pregava, ela se virou para o músico, e sem nenhuma delicadeza disse:” Tá imprimindo o ritmo em mim, melhor parar”. Em seguida, continuou pregando como se nada tivesse acontecido.

+ Samuel Procópio ataca novamente: Desta vez ele humilha o técnico de áudio

O vídeo circula em grupos d WhatsApp, porém, não é possível  saber se é recente ou não. O fato é que situações constrangedores como essas, ou piores, acontecem todos os dias dentro das igrejas ou em cruzadas onde esses pregadores são pagos para ministrar.

Assista ao vídeo




publicidade

Mais artigos

É mole? Flordelis pode ganhar R$2 milhões com história da morte do marido

Uma produtora americana teria oferecido U$$ 400 mil dólares pela história


A dura punição da Deus é Amor contra o pastor que agrediu a esposa ao vivo

Em um vídeo, o pastor David Miranda Neto falou sobre o caso, e reforçou o repúdio ao que fez o tal pastor.


Pastor que agrediu esposa ao vivo pode ser preso a qualquer momento

O pastor pode ser enquadrado na Lei Maria da Penha por violência psicológica


Maior ladrão de banco do país vivia como pastor evangélico

Ele foi preso essa semana após uma operação integrada das policias Militar e Civil, na cidade de Tajupá, no interior de São Paulo.


RR Soares “dedura” Eduardo Bolsonaro à Polícia Federal

O depoimento faz parte do inquérito que apura o financiamento dos atos antidemocráticos.


Deputado Otoni de Paula sobre cassinos; “Não posso negociar meus valores”

A aprovação do projeto é do interesse do presidente Jair Bolsonaro


Pastor que agrediu a esposa ao vivo pede perdão

- Eu quero aqui publicamente pedir perdão a minha esposa. - falou ele a ela, que ficou o tempo todo de cabeça baixa.


Sem saber que estava ao vivo, pastor agride a esposa em live

O pastor costuma fazer lives religiosas, com leituras da bíblia e profecias que normalmente atraem um número razoável de pessoas.


Lembra da profecia de Daciolo sobre o Gideões? Com medo de morrer, pastor teria pedido perdão

Daciolo teria o perdoado e orado com ele.


Saiba quem é o pastor que foi encontrado morto em casa de prostituição

O pastor estava na cidade para inaugurar um templo