Política

Crise: Bispo Samuel Ferreira perde mais um deputado

O deputado Alex de Madureira teria rompido com o santo bispo

Micael Batista | Publicado em: 20/11/19 às 7:36
Crise: Bispo Samuel Ferreira perde mais um deputado
Bispo Samuel Ferreira (Reprodução)

O santo bispo Samuel Ferreira, presidente da ADBrás, pode ter rompido com o Deputado Estadual e Vice-líder do PSD na Câmara, Alex de Madureira.

A informação é que o deputado não vai mais aos cultos da igreja, teria decidido parar de seguir o bispo no Instagram, e teria bloqueado Samuel Ferreira na rede social.

Apesar de o motivo do rompimento não haver ficado claro para os membros da igreja, que inclusive, ajudaram a eleger Alex de Madureira, fala-se que Samuel Ferreira é extremamente dominador, e tinha o hábito de tomar decisões pelos deputados Alex (Estadual) e Cesinha (Federal).

Quem também cortou o relacionamento com o bispo foi a cantora gospel e também deputada federal Flordelis.

Ela seguiu os mesmo passos de Alex de Madureira e bloqueou o bispo no Instagram, supostamente pelo fato de ter sido “abandonada” durante o período em que está sendo investigada pela morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

 

Cristiane Daciolo revela que foi internada com Covid-19 e problema pulmonar

Ela destacou que foi tratada com ivermectina e azitromicina, os medicamentos que os bolsonaristas defendem como tratamento precoce.


Com Covid, pastor e esposa estão internados esperando vaga em UTI

O casal foi entubado na última sexta-feira (5), e estão em estado grave de saúde.


Canção e Louvor pode estar trocando Assembleia de Deus PE por outro ministério

A suposta saída dos cantores seria por conta das restrições impostas pelo presidente pastor Ailton José Alves.


Pastor simula cura da covid em culto com aglomeração e é detonado na web

O vídeo polêmico circula na web e em grupos de WhatsApp, e tem sido muito criticado até mesmo pelos próprios evangélicos.


Em vídeo, Malafaia detona prefeito pastor que fechou igrejas

Malafaia também pediu para os eleitores evangélicos não votarem mais no político.