Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
Política

Deputada Flordelis votou “Não” para prorrogação do auxílio emergencial

A parlamentar está entre os 309 parlamentares que votaram pela não ampliação das parcelas

Caio Rangel | Publicado em: 20/07/20 às 9:52
Deputada Flordelis votou “Não” para prorrogação do auxílio emergencial
Flordelis (Reprodução)

A deputada federal Flordelis (PSAD-RJ), uma das mais votadas do Rio de Janeiro, se encontra no centro de mais uma polêmica. Desta vez não é nada relacionado ao assassinato do seu esposo, pastor Anderson do Carmo, morto em 16 de junho de 2019, no qual ela também é investigada.

Agora a polêmica é por causa do seu voto na última quinta-feira (15), quando aconteceu a votação da emenda que previa a prorrogação do auxílio emergencial de R$600 e R$1200 a trabalhadores informais, desempregados e beneficiários do Bolsa Família, até o mês de Dezembro.

+ Pastor contrata ladrões para assaltar Igreja Mundial de Valdemiro Santiago

A maioria dos deputados votou pela não ampliação das parcelas, inclusive Flordelis. Com isso, o auxílio emergencial deverá ser extinto depois de pagar a quinta parcela.

309 parlamentares votaram pela não ampliação, e apenas 123 votaram pelo sim.

 

André Valadão: “Mais fácil expulsar demônio do que convencer petista que Lula é ladrão”

Essa foi a resposta do pastor e cantor gospel a uma pergunta inusitada de um internauta.


Pastor Aldenir Lyra é internado em estado grave com Covid-19

O religioso é presidente da Assembleia de Deus Madureira em Paraíso do Tocantins.


Lauriete posta TBT com Cassiane e afasta boatos de que elas estariam brigadas

No ano passado, Cassiane admitiu que ela e Lauriete estavam afastadas, mas descartou que existisse alguma rixa entre elas.


Entenda como foi a separação de Ludmila Ferber e pastor José Antônio Lino

A cantora gospel Ludmila Ferber e José Antônio Lino se separaram em 2014 após 21 anos de matrimônio.


Assassino da mãe de Delino Marçal é indiciado pela Polícia Civil

A pastora Odete Rosalina Machado da Costa, de 79 anos, foi morta no dia 14 de janeiro, em Goiânia (GO).