Apóstolo

MPF entra com ação contra Valdemiro Santiago por prometer falsa cura da Covid-19

O líder da Igreja Mundial poderá pagar R$ 300 mil de indenização por vender "feijões mágicos" durante a pandemia

Caio Rangel | Publicado em: 05/08/20 às 8:46
MPF entra com ação contra Valdemiro Santiago por prometer falsa cura da Covid-19
Valdemiro Santiago (Reprodução)

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação civil pública na Justiça Federal de São Paulo para que o apóstolo Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, paguem R$ 300 Mil de indenização.

A ação é por conta da venda de sementes de feijão para suposta cura do coronavírus. O valor de cada semente era de até R$ 1 mil reais.

“A dignidade da proteção constitucional que tutela a liberdade religiosa não constitui apanágio para a difusão de manifestações (ilegítimas) de lideranças religiosas que coloquem em risco a saúde pública, que explorem a boa-fé das pessoas, com a gravidade adicional de que isso ocorre com a reprovável cooptação de ganhos financeiros, pois ancorados em falsa premissa terapêutica, às custas da aflição e do sofrimento que atinge a sociedade”, aponta um trecho do documento protocolado no último dia 3.

+ Quinto pastor da Assembleia de Deus morre vítima da Covid-19 em MT

Em alguns vídeos de maio desse ano, Valdemiro aparece sugerindo que caso as sementes fossem plantadas, curariam o vírus. O apóstolo afirmou, ainda, que uma pessoa havia se recuperado da doença após seguir as suas orientações. Os procuradores alegaram que Valdemiro incorreu em prática de religiosidade abusiva.

 

 

Após deixar o gospel, Priscilla Alcantara desabafa: “Meu rótulo é livre”

Após algumas críticas pela sua transição, a cantora postou um desabafo em seu perfil do Instagram.


Isadora Pompeo se curva à Globo e grava clipe com Luan Santana

De acordo com informações, a gravação foi feita para a 36ª edição do Criança Esperança.


Pastor da AD Brás tenta silenciar youtuber sobre escândalos da igreja

O pastor afirma que a AD Brás está uma bagunça e que o bispo Samuel Ferreira faz o que quer e não segue mais nenhum protocolo.


Polícia abre inquérito contra pastora por pregação que promove racismo e LGTFobia

Karla Cordeiro deve ser ouvida pela Polícia Civil nesta quinta-feira (05).


Ap. Wesley Alves comemora 21 anos de fundação da AD Londres

A data foi comemorada com um culto de celebração na noite deste domingo (1/8), no templo sede da denominação, em Londres.