Fiéis pedem expulsão do pastor Antônio Dionízío da Assembleia de Deus após vídeo com amante

O pastor foi flagrado dando tapinhas no bumbum de uma mulher, identificada como sendo sua amante


1 mês atrás | Redação



Pastor Antonio Dionízio

Ficou para trás o tempo em que os fiéis toleravam calados a toda sorte de extravagância ou pecado cometido por seus líderes dentro das igrejas. Essa semana um vídeo publicado pelo Fuxico Gospel mostrou o pastor Antônio Dionízio, presidente da Assembleia de Deus no Mato Grosso do Sul, dando tapinhas no bumbum de uma mulher, identificada como sendo sua amante.

O vídeo rapidamente repercutiu nas redes sociais e causou uma enorme revolta entre os fiéis, que na noite dessa segunda, tomaram a vez após o culto e se manifestaram contra o pastor.

Em um vídeo é possível ouvir o desabafo de uma mulher que fala no altar. Ela relatou o que adolescentes lhe perguntaram;

– Tia a senhora viu o vídeo que tá rolando? e eu, o quê meu filho? e ele falou assim; tia como o nosso pastor está passando a mão na bunda da menina? me desculpem falar isso! – disse a mulher em tom de desabafo.

Assista ao vídeo:

Quem é a amante?

Um membro da igreja teve a coragem de usar seu perfil no Facebook para publicar sua experiência na igreja e com a tal amante do Dionízio.

Leia na íntegra:

“Porque estou postando isso? Para quem não sabe trabalhei na ADM no ano de 2017, era designer e a pessoa que era responsável por mim se chamava Gleicy Motta (sim a famosa mulher do vídeo do caso).

Gleicy era encarregada da DECOM (Departamento de Comunicação). Eu tive uma das minhas piores experiência dentro da igreja, a pior.

A esposa do Antonio Diniozio uma vez subiu lá na sala onde eu ficava e me perguntou porque ela não aparecia junto do seu marido nas artes e fotografias, eu inocentemente disse que era um pedido da Gleicy Motta, mas não sabia o porque do pedido.

A mulher então correu no Dionizio (ele estava em Portugal) e acusou a amante, falando monte de coisa.

Nisso a Gleicy ficou sabendo do ocorrido, pediu para eu ir pra casa me xingando um monte. Detalhe: Ela nunca estava presente, sempre ficava na sala do Pastor, tinha 2 celular onde 1 era exclusivo do Pastor, para manter contato.

Voltando ao assunto, naquele então eu era designer, publicitário, tinha que ficar atendendo departamento, pastores e fazia coisa que ela devia fazer e não fazia porque você nunca achava ela.

Andava com carro da igreja, recebia muito bem, e adivinhem quem pagava tudo isso, sim, os membros. Eu cheguei em casa naquele dia, e meu pai recebeu uma mensagem do Antonio Dionizio me ameaçando, falando que eu seria deportado, que iria acabar com minha vida, e monte de coisa mais.

Se eu tivesse só perdido o trabalho estaria tranquilo, mas não foi só isso, eu fazia parte da UMADECAMP e era obreiro na igreja, me foi afastado de tudo, me cortaram de tudo, não podia fazer nada, simplesmente me jogaram no canto por causa de uma transa, um adultério, e teve coisa pior, audio vazado com meu nome, de uma briga da Gleicy com a mulher do Antonio, nossa, foi bastante coisa.

Tive um inicio de depressão mas esse é um assunto delicado. Podia ter entrado com um processo, podia ter ido publicamente pedindo retratação, mas me voltar contra a igreja? Para que?
O que eu peço agora, você que é da ADM, você que é da Assembleia de Deus Missões, se posicione. Isso não é algo pequeno, é algo grande.

Não deixe que algo assim manche a história da igreja. Uma pessoa dessa não tem capacidade para liderar. Como alguém com um pecado desse pode liderar uma igreja? Como pode falar de santidade, pode falar de casamento, pode falar de pecado, não sendo exemplo para ninguém.

Uma pessoa que não tem a direção de Deus não consegue liderar sua igreja. E um corpo com câncer, sempre ficará doente até que se retire o tumor.
Pastores que sempre ficaram omisso, viam mas não denunciavam, ouviam mas não questionavam, façam sua parte, o povo confiam em vocês também.”

O que diz o pastor

Em sua defesa, o pastor Antônio Dionízio disse apenas que o vídeo se trata de uma montagem. No entanto, ele confessou que tem um affair com a mulher e pediu que a igreja ore para Deus confirmar se esse relacionamento pode continuar até um casamento.

Por outro lado, o pastor diz que a culpa é da ex-mulher que o abandonou.

Assista:

Até o fechamento dessa matéria, o pastor continua sendo presidente da COMADEMS




publicidade

Mais artigos

Andressa Urach diz que pensa em se matar

A notícia não é bem surpresa para os que a cercam. Amigos estão preocupados com a modelo, e temem que ele mergulhe numa profunda depressão depois de ter saído da Igreja Universal.


Flordelis cara a cara com a juíza

Ela não falou com a imprensa, mas seu advogado Anderson Rollemberg, voltou a defender sua inocência.


Pastor insinua que “mulher que usa cabelo curto é prostituta” durante pregação

Ele também diz em um trecho da pregação, que nos anos 1950, nem as prostitutas se vestiam como as mulheres da igreja se vestem hoje.


Quem vai sentar na cadeira do Antônio Dionízio?

Após 22 anos a COMADEMS realizará eleição para a escolha de um novo presidente.


Assembleia de Deus apoia candidato do PT no 2º turno

Sem citar o partido a que o candidato é filiado, o bispo diz apenas que o número dele é 13.


Os 7 demônios de Andressa Urach

Desde que saiu da igreja e decidiu pedir todas as ofertas que deu lá, ela começou a se comportar de maneira estranha.


Carlinhos Maia grava vídeo ouvindo Kemilly Santos

A cantora gospel publicou o vídeo em suas redes sociais


Covid-19 causa cancelamento da gravação do DVD de J. Neto

O comunicado foi feito pelo próprio artista e compartilhado nas redes sociais.


Damares renova contrato com a Sony

Ela agradeceu a todo o apoio que recebeu nos últimos 10 anos de Sony Music, e se disse desafiada ao novo formato de música digital.


O novo crime de Flordelis

Segundo foi amplamente divulgado esse fim de semana pela midia, Flordelis usou mais de R$93 mil do CEAP (Conta para Exercício da Atividade Parlamentar), para pagar a uma empresa que gerencia suas redes sociais.