Cantora

MP pede que Flordelis seja levada à júri popular pela morte do marido

Além da parlamentar, mais oito réus - envolvidos na morte do pastor Anderson do Carmo - compõem a lista do MPRJ.

Caio Rangel | Publicado em: 05/03/21 às 13:32
MP pede que Flordelis seja levada à júri popular pela morte do marido
Deputada federal (Flordelis)

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) já solicitou que a deputada federal e cantora gospel Flordelis seja levada à júri popular.

Além da parlamentar, mais oito réus – envolvidos na morte do pastor Anderson do Carmo – compõem a lista do MPRJ.

De acordo com o portal G1, o pedido não foi feito para todos os réus do caso. A solicitação do MPRJ se baseiam nas alegações finais do processo relativo à denúncia contra a deputada e outros dez réus acusados pelo homicídio.

Seis audiências do julgamento do caso já aconteceram. Foram ouvidas cerca de 30 testemunhas. Fora isso, os acusados também foram interrogados.

O pastor Anderson do Carmo foi brutalmente assassinado em junho de 2019, na garagem de sua casa, em Niterói, no Rio. No ano passado, Flordelis passou de testemunha a ré.

O MPRJ pediu para que sejam levados à júri popular – pelo o homicídio triplamente qualificado do pastor -, a Flordelis, os seus filhos Simone dos Santos Rodrigues, Adriano dos Santos Rodrigues e Flávio dos Santos Rodrigues, a sua filha afetiva Marzy Teixeira da Silva, a sua neta Rayane dos Santos Oliveira, o seu filho afetivo (e ex-genro) André Luiz de Oliveira, além de Marcos Siqueira Costa e a esposa dele, Andrea Santos Maia.

 

Após deixar o gospel, Priscilla Alcantara desabafa: “Meu rótulo é livre”

Após algumas críticas pela sua transição, a cantora postou um desabafo em seu perfil do Instagram.


Isadora Pompeo se curva à Globo e grava clipe com Luan Santana

De acordo com informações, a gravação foi feita para a 36ª edição do Criança Esperança.


Pastor da AD Brás tenta silenciar youtuber sobre escândalos da igreja

O pastor afirma que a AD Brás está uma bagunça e que o bispo Samuel Ferreira faz o que quer e não segue mais nenhum protocolo.


Polícia abre inquérito contra pastora por pregação que promove racismo e LGTFobia

Karla Cordeiro deve ser ouvida pela Polícia Civil nesta quinta-feira (05).


Ap. Wesley Alves comemora 21 anos de fundação da AD Londres

A data foi comemorada com um culto de celebração na noite deste domingo (1/8), no templo sede da denominação, em Londres.