Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Brasil

Visando votos de Flordelis, partidos querem cantoras gospel para chapas na eleição

Alguns partidos acreditam na migração dos votos de Flordelis e cobiçam cantoras evangélicas para as suas legendas.

Caio Rangel | Publicado em: 04/03/22 às 11:18
Visando votos de Flordelis, partidos querem cantoras gospel para chapas na eleição
Flordelis (Reprodução)

Muitos cantores gospel estão sendo cobiçados por partidos políticos para as eleições deste ano. No Rio de Janeiro, por exemplo, nomes ligados à música evangélica disputam o voto do eleitorado da ex-deputada federal Flordelis.

A cantora gospel teve o mandato cassado pela Câmara no ano passado e responde na Justiça pela acusação de ser a mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

Em 2018, Flordelis recebeu 196.959 votos. Com isso, alguns partidos acreditam na migração dos votos da ex-deputada. Várias siglas, inclusive, já sondaram a cantora Fernanda Brum para disputar a vaga de deputada federal.

Assim como a ex-parlamentar, Brum também é pastora e lidera o Ministério Profetizando às Nações, ao lado do marido Emerson Pinheiro.

Oficialmente, a cantora gospel nega a possibilidade de uma candidatura. No entanto, pessoas próximas afirmam que ela ainda estuda os convites e teria ficado animada com as projeções que mostram uma estimativa de até 150 mil votos para a Câmara.

Outro nome muito forte é o da cantora Andrea Fontes, que é tida como a principal candidata do PL para garantir os votos deixados em aberto com a prisão de Floderlis.

O deputado Sóstenes Cavalcante (União-RJ), líder da bancada evangélica na Câmara, considera a estratégia adotada por diferentes partidos “acertada”:

“É importante lembrar que existem quase 200 mil eleitores do segmento evangélico que apostaram na Flordelis e vão procurar outras referências, possivelmente, parecidas com aquele voto dado em 2018. É claro que alguns desses eleitores vão fazer outras opções, mas os artistas têm carisma, expressam valores com os quais os evangélicos se afinam e têm o poder de congregar pessoas em torno das suas ideias.”

De acordo com a colunista Berenice Seara, do Extra, Shirley Carvalhaes concorrerá à Câmara pelo PSD. Ela recebeu o convite do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. A cantora gospel se filiará ao partido no próximo dia 13.

Já a cantora Gisele Nascimento aposta na associação com a imagem do tio, Mattos Nascimento, ex-deputado federal. Em 2018, ele se candidatou ao Senado, mas não conseguiu se eleger.

Outros cantores gospel são apontados como possíveis candidatos à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Para os partidos, eles podem receber votos em dobradinha como candidatos à Câmara Federal. É o caso do cantor Sérgio Lopes, que é popular em segmentos mais tradicionais do evangelismo, como as igrejas batistas e presbiterianas.

 

Erramos: Filho de prefeita não viu Isadora Pompeo com cigarro em camarim

Publicamos que a cantora teria sido flagrada fumando cigarro eletrônico antes de show


Pastor da ADVEC manda indireta para fiel em culto: “Pilantra e fofoqueira”

O pastor Davi Leal, líder da ADVEC Recreio (RJ), usou o púlpito da igreja para desabafar e defender a sua honra após acusações.


Deive Leonardo se apresenta no Rio com ingressos esgotados

Em junho, Deive se apresenta em Goiás, Curitiba, São Paulo e Porto Alegre.


Organizadores do evento desmentem Jessé Aguiar

“Maior mentira contada nos últimos tempos! Mude suas atitudes e seja homem Jessé Aguiar!”, disse um dos organizadores do evento em Pernambuco.


Igreja Batista se solidariza com casal gay discriminado em igreja evangélica de Aracaju

O casal que frequentava a Igreja Família Renovada há dois anos, foi impedido de ser batizado, após ter realizado o curso batismal.