Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Política

PT processa pastor José Wellington

O Partido dos Trabalhadores processou o presidente da CGADB por declarar apoio ao presidente Bolsonaro.

Redação | Publicado em: 27/04/22 às 8:23
PT processa pastor José Wellington
Presidente Bolsonaro e Pastor José Wellington - @Reprodução

O Partido dos Trabalhadores processou o pastor José Wellington Costa Jr., presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB). A representação feita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acusa o religioso de ter feito propaganda eleitoral antecipada.

O objeto do processo foi um evento que reuniu milhares de pastores, e que contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL). Durante sua fala, Wellington disse que Bolsonaro é o candidato da Assembleia de Deus.

“Presidente, o senhor é nosso pré-candidato. Esperamos que no mês de outubro, para envergonhar o diabo, para dizer àquela gente que não gosta dos crentes, que Jesus Cristo dará a este homem a vitória no primeiro turno, se Deus assim permitir”, disse o pastor.

Além de José Wellington, também estão citados no processo o próprio Bolsonaro, além do deputado Sóstenes Cavalcante, presidente da Frente Parlamentar Evangélica.

O caso teve reações entre pastores e Silas Malafaia gravou um vídeo criticando a ação.

Assista:

 

Erramos: Filho de prefeita não viu Isadora Pompeo com cigarro em camarim

Publicamos que a cantora teria sido flagrada fumando cigarro eletrônico antes de show


Pastor da ADVEC manda indireta para fiel em culto: “Pilantra e fofoqueira”

O pastor Davi Leal, líder da ADVEC Recreio (RJ), usou o púlpito da igreja para desabafar e defender a sua honra após acusações.


Deive Leonardo se apresenta no Rio com ingressos esgotados

Em junho, Deive se apresenta em Goiás, Curitiba, São Paulo e Porto Alegre.


Organizadores do evento desmentem Jessé Aguiar

“Maior mentira contada nos últimos tempos! Mude suas atitudes e seja homem Jessé Aguiar!”, disse um dos organizadores do evento em Pernambuco.


Igreja Batista se solidariza com casal gay discriminado em igreja evangélica de Aracaju

O casal que frequentava a Igreja Família Renovada há dois anos, foi impedido de ser batizado, após ter realizado o curso batismal.