Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Pastor

Igreja Presbiteriana decide não afastar Milton Ribeiro

A prisão do pastor Milton Ribeiro desencadeou a maior crise na Igreja Presbiteriana do Brasil das últimas décadas

Caio Rangel | Publicado em: 29/06/22 às 9:52
Igreja Presbiteriana decide não afastar Milton Ribeiro

A Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) adotou o silêncio e decidiu não afastar o pastor Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação investigado no escândalo de corrupção no MEC.

No dia 22 deste mês, o pastor presbiteriano chegou a ser preso preventivamente pela Polícia Federal. O presbítero Antônio César de Araújo Freitas enviou uma mensagem num grupo de WhatsApp a colegas da IPB (Igreja Presbiteriana do Brasil), logo após visitar o ex-ministro.

“Meus irmãos, estive com o Reverendo Milton [Ribeiro], na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, agora no início da noite, conversamos um pouco, orei com ele e deixei um abraço dizendo que seus irmãos estão em oração.”

“Maravilha, César. Oremos por ele”, respondeu o chanceler do Mackenzie, Robinson Grangeiro.

A visita foi para mostrar apoio ao amigo, ex-ministro e pastor presbiteriano, que havia sido preso preventivamente por suspeita de ter cometido os crimes de corrupção passiva, tráfico de influência, prevaricação e advocacia administrativa.

No dia seguinte, Ribeiro foi solto por ordem do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região).

Antônio César é vice-presidente do Conselho de Administração do Instituto Presbiteriano Mackenzie. Ele conseguiu visitar Milton por ser advogado, mesmo sem defender o ex-ministro em nenhum processo.

Na reunião bimestral do Conselho de Administração do Mackenzie, na última quinta-feira (23), o caso Milton Ribeiro foi o principal tema.

De acordo com relatos, Roberto Brasileiro, presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, pediu para os conselheiros ficarem como “passarinho na muda”, uma expressão que significa manterem silêncio e esperarem os desdobramentos da investigação da PF (Polícia Federal).

Brasileiro também informou que Milton, ex-vice-reitor do Mackenzie, não será afastado pela cúpula da igreja e que a instituição não irá se manifestar publicamente sobre o assunto.

A reunião anual do Supremo Concílio está prevista para o fim de julho, em Cuiabá (MT). A expectativa da cúpula da IPB é ignorar o caso Milton nas discussões, mas há receio de que alguém levante o assunto durante o encontro.

 

Artistas gospel estão boicotando a Globo, diz jornalista

No próximo ano a Globo irá lançar a novela "gospel" Vai Na Fé, mas a trama seria só mais uma chacota aos evangélicos


Cantor Leonardo Gonçalves celebra 1 ano do filho Levi

Levi é fruto de sua união com ex-apresentadora da TV Novo Tempo, Glauce Cunha. Eles se casaram em novembro de 2018


Midian Lima participa do Programa Raul Gil neste sábado (06)

A cantora gospel será homenageda e terá a sua carreira retratada pelo apresentador


Damares descumpre acordo com Bolsonaro e lança candidatura ao Senado 

Damares será candidata em chapa avulsa e enfrentará a candidata do PL Flávia Arruda nas urnas


Cantora gospel Giovanna Fernandes lança single “É no Deserto”

“Mesmo nos momentos difíceis o Senhor está sempre nos moldando” é a mensagem da nova canção de Giovanna Fernandes