Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Pastor

Pastor da IPTM dá golpe em Leonardo Sale de R$ 350 mil

O homem era amigo de Sale e gozava de sua inteira confiança

Redação | Publicado em: 16/07/22 às 8:36
Pastor da IPTM dá golpe em Leonardo Sale de R$ 350 mil
Leonardo Sale (Reprodução)

O pastor Leonardo Sale, líder da Igreja Pentecostal Templo de Milagres (IPTM), sofreu um duro golpe financeiro junto com a igreja, depois de colocar uma pessoa de sua inteira confiança para o ajudar a administrar parte das finanças da igreja, especialmente de uma das filias.

O homem, que era amigo do pastor e gozava de una posição de respeito dentro da hierarquia da IPTM, acabou desviando um valor superior a R$ 350 mil.

Parte do dinheiro desviado saia do pagamento de aluguel de um templo. Segundo informações, a igreja pagava cerca de R$ 50 mil a mais do que o valor que era repassado ao proprietário do imóvel, e esse dinheiro ficava com o “amigo” de Sale.

Ao descobrir o golpe, o pastor custou a acreditar que estava sendo roubado. Uma fonte contou ao Fuxico Gospel que ele chorou bastante, mas não quis prestar queixa, apenas dispensou a pessoa dos cargos da igreja e rompeu laços.

 

“Vai Passar” na voz de Eliane Fernandes ultrapassa 200 milhões de views no YouTube

Sucesso gravado anteriormente na voz de Gerson Rufino, a canção segue atemporal e sendo um hit.


Ex-cantora gospel Priscilla Alcantara desabafa: “Odeio esse governo”

A cantora é mais uma celebridade da Rede Globo que faz questão de dizer que não apoia o presidente Jair Bolsonaro.


Damares Alves detona culto da Igreja Casa: “Apologia à pedofilia”

O culto vai acontecer neste sábado (13), e recebeu o nome de "Vem Novinha", o que gerou a revolta dos evangélicos.


Fim do período sabático? Volta do Oficina G3 agita a web

Às 15 horas desta sexta-feira (12), a banda irá se pronunciar em suas redes sociais, para acabar com todo o suspense.


Igreja Casa anuncia culto “Vem Novinha” e causa polêmica

O nome do culto está dando o que falar nas redes sociais e causando indignação por parte da comunidade evangélica.