Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Cantora

Prefeitura contrata show de Gabriela Rocha por R$120 mil e gera revolta

A cantora irá participar da Marcha para Jesus na pequena cidade de Careiro do Castanho, a 88 quilômetros de Manaus (AM)

Caio Rangel | Publicado em: 30/07/22 às 9:44
Prefeitura contrata show de Gabriela Rocha por R$120 mil e gera revolta
Gabriela Rocha (Reprodução Instagram)

De acordo com Diário Oficial dos Municípios (DOM) de quinta-feira (28), a cotratação do show da cantora gospel Gabriela Rocha, para a ‘Marcha para Jesus’ na cidade de Careiro do Castanho, a 88 quilômetros de Manaus (AM), é no valor de R$ 120 mil.

A Marcha para Jesus na pequeno município acontecerá no dia 20 de agosto. A contratação é assinada pelo prefeito da cidade, Nathan Macena (Republicanos).

A empresa V e V Produção e Organização de Festas e Eventos LTDA, inscrita no CNPJ de nº 21.602.394/0001-28, será responsável pelo show da cantora.

O município do Careiro do Castanho, de acordo com estimativas do IBGE de 2021, possui 38.820 habitantes.

O valor está sendo muito questionado por algumas autoridades do município, e muitos internautas estão criticando a prefeitura.

 

“Vai Passar” na voz de Eliane Fernandes ultrapassa 200 milhões de views no YouTube

Sucesso gravado anteriormente na voz de Gerson Rufino, a canção segue atemporal e sendo um hit.


Ex-cantora gospel Priscilla Alcantara desabafa: “Odeio esse governo”

A cantora é mais uma celebridade da Rede Globo que faz questão de dizer que não apoia o presidente Jair Bolsonaro.


Damares Alves detona culto da Igreja Casa: “Apologia à pedofilia”

O culto vai acontecer neste sábado (13), e recebeu o nome de "Vem Novinha", o que gerou a revolta dos evangélicos.


Fim do período sabático? Volta do Oficina G3 agita a web

Às 15 horas desta sexta-feira (12), a banda irá se pronunciar em suas redes sociais, para acabar com todo o suspense.


Igreja Casa anuncia culto “Vem Novinha” e causa polêmica

O nome do culto está dando o que falar nas redes sociais e causando indignação por parte da comunidade evangélica.