Polêmicas

Presidente da Assembleia de Deus acusado de adultério pode estar se divorciando

Antônio Dionízio ainda não falou aos membros da igreja sobre o fim do seu casamento.

Micael Batista | Publicado em: 15/11/19 às 20:24
Presidente da Assembleia de Deus acusado de adultério pode estar se divorciando
Presidente da Assembleia de Deus

Após a denúncia de que o pastor Antônio Dionízio, presidente da Assembleia de Deus, no Mato Grosso do Sul, estaria mantendo um caso extra-conjugal há anos, sua esposa, Elizabeth de Souza, teria decidido pedir o divórcio.

Na realidade, a notícia é que a esposa do pastor já havia tomado a decisão meses atrás, mas evitava trazer a informação à tona, para preservar o ministério do marido.

A esposa de Dionízio, inclusive, se prepara para ir embora para Minas Gerais.

Essa semana acontece uma convenção na igreja presidida pelo pastor. Nessa quinta (14), o pastor José Wellington Junior, presidente da CGADB prestigiou o evento.

O curioso, no entanto, é que o pastor José Wellington (pai), já havia se posicionado contra o divórcio de pastores. Ele disse não admitir que pastores abandonem suas famílias em hipótese alguma.

Família em crise

Como é de se esperar, com o fim do casamento a família acaba entrando numa crise, e nesse caso, segundo informações, Elizeu Dionízio Souza da Silva, o filho caçula do pastor e ex-deputado federal, não congrega mais na igreja.

Ele havia sido nomeado 3º vice presidente da igreja, mas brigou com o pai e agora está visitando a Primeira Igreja Batista.

Antônio Dionízio ainda não falou aos membros da igreja sobre o fim do seu casamento.

 

Cristiane Daciolo revela que foi internada com Covid-19 e problema pulmonar

Ela destacou que foi tratada com ivermectina e azitromicina, os medicamentos que os bolsonaristas defendem como tratamento precoce.


Com Covid, pastor e esposa estão internados esperando vaga em UTI

O casal foi entubado na última sexta-feira (5), e estão em estado grave de saúde.


Canção e Louvor pode estar trocando Assembleia de Deus PE por outro ministério

A suposta saída dos cantores seria por conta das restrições impostas pelo presidente pastor Ailton José Alves.


Pastor simula cura da covid em culto com aglomeração e é detonado na web

O vídeo polêmico circula na web e em grupos de WhatsApp, e tem sido muito criticado até mesmo pelos próprios evangélicos.


Em vídeo, Malafaia detona prefeito pastor que fechou igrejas

Malafaia também pediu para os eleitores evangélicos não votarem mais no político.