Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Brasil

Caso mendigo: Esposa de personal fala pela primeira vez após internação

A mulher contou que entrará na justiça contra quem fez chacota com o seu caso, ou tratou a situação de forma desrespeitosa.

Redação | Publicado em: 27/04/22 às 15:34
Caso mendigo: Esposa de personal fala pela primeira vez após internação
Sandra Maria e o esposo

Sandra Mara, a mulher que manteve relações com um mendigo durante um surto psicótico, cujo caso viralizou nas redes sociais, recebeu alta da clínica que estava internada e se manifestou pela primeira vez desde o episódio.

Ela contou detalhes do que aconteceu e anunciou que está entrando na justiça contra quem fez chacota com o seu caso, ou tratou a situação de forma desrespeitosa.

Leia a nota na integra:

“Olá me chamo Sandra Mara Fernandes, sou mãe de Anna Laura e esposa do Eduardo Alves. Venho através dessa postagem agradecer as pessoas que se levantaram para me defender quando eu não tinha condições.

Passei por dias muito difíceis, nunca me imaginei naquela situação. Eu me sinto profundamente dilacerada pelo ocorrido. Hoje eu tenho ciência de tudo o que foi dito enquanto eu estava internada e sendo cuidado por médicos, psicólogos e assistentes sociais, enfermeiros e outros profissionais.

Fui vítima de chacotas, humilhações em rede social. Fui tachada como uma mulher qualquer, uma mulher promiscua, uma mulher com fetiches, uma traidora. E mais ofendida ainda por ter sido atacada por outras mulheres que entenderam que eu merecia o pior.

Eu sempre soube que vivemos numa sociedade desigual, mas eu não escolhi ter um surto, eu não escolhi ter sido humilhada, eu não escolhi ter minha vida exposta e devastada”

Então na condição onde estive eu sei que tinha legítimo direito de ser defendida. Agradeço ao meu esposo por tudo que ele fez por mim. Ele me defendeu durante e depois do ocorrido, pois sabe que em condições normais eu jamais teria permitido passar por aquilo. Agradeço também ao meu pai, minha madrasta, meus irmãos e amigos, que me acolheram e ajudaram o Eduardo e a Anna Laura. Sou profundamente grata aos profissionais que me ajudaram a compreender o que estava acontecendo quando eu já não tinha domínio da minha própria vida.

Hoje eu busco na Justiça os meus direitos, pois nunca faltei com respeito com ninguém, e eu não merecia ter sido tratada como uma qualquer e principalmente, ter sido usada como OBJETO de prazer durante delírios e alucinações que confundiram minha mente e me colocaram num contexto nojento e sórdido. Sigo Batalhando, um dia de cada vez para retornar a minha existência e vou conseguir porque Deus é maior e infinitamente bom”

 

Erramos: Filho de prefeita não viu Isadora Pompeo com cigarro em camarim

Publicamos que a cantora teria sido flagrada fumando cigarro eletrônico antes de show


Pastor da ADVEC manda indireta para fiel em culto: “Pilantra e fofoqueira”

O pastor Davi Leal, líder da ADVEC Recreio (RJ), usou o púlpito da igreja para desabafar e defender a sua honra após acusações.


Deive Leonardo se apresenta no Rio com ingressos esgotados

Em junho, Deive se apresenta em Goiás, Curitiba, São Paulo e Porto Alegre.


Organizadores do evento desmentem Jessé Aguiar

“Maior mentira contada nos últimos tempos! Mude suas atitudes e seja homem Jessé Aguiar!”, disse um dos organizadores do evento em Pernambuco.


Igreja Batista se solidariza com casal gay discriminado em igreja evangélica de Aracaju

O casal que frequentava a Igreja Família Renovada há dois anos, foi impedido de ser batizado, após ter realizado o curso batismal.