Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Pastor

MP ajuíza ação contra Felippe Valadão e pede R$300 mil por intolerância religiosa

No aniversário de 189 anos de Itaboraí, as declarações do pastor foram consideradas ofensivas aos praticantes de religiões de matrizes africanas

Caio Rangel | Publicado em: 17/06/22 às 14:29
MP ajuíza ação contra Felippe Valadão e pede R$300 mil por intolerância religiosa
Pastor Felippe Valadão (Reprodução)

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), requer que o pastor Felippe Valadão, acusado por intolerância religiosa pague R$300 mil aos cofres do município de Itaboraí-(RJ).

A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (15), após a denúncia do relator da CPI da Intolerância Religiosa no Rio, Átila Nunes (PSD).

No aniversário de 189 anos de Itaboraí, realizado em 19 de maio, as declarações de valadão foram consideradas ofensivas aos praticantes de religiões de matrizes africanas, em especial a umbanda.

A ação destaca que o pastor, que possui muita notoriedade no segmento religioso, seja nas mídias sociais, ou em cultos presenciais nas diversas unidades da Igreja Batista da Lagoinha, praticou intolerância religiosa e discurso de ódio contra praticantes da umbanda e demais religiões.

Em sua fala, Felippe afirmou: “Avisa para esses endemoniados de Itaboraí que o tempo da bagunça espiritual acabou. Pode matar galinha, pode fazer farofa, prepara para ver muito centro de umbanda sendo fechado na cidade. Deus vai começar a salvar esses pais de santo que têm na cidade”.

 

 

 

 

“Vai Passar” na voz de Eliane Fernandes ultrapassa 200 milhões de views no YouTube

Sucesso gravado anteriormente na voz de Gerson Rufino, a canção segue atemporal e sendo um hit.


Ex-cantora gospel Priscilla Alcantara desabafa: “Odeio esse governo”

A cantora é mais uma celebridade da Rede Globo que faz questão de dizer que não apoia o presidente Jair Bolsonaro.


Damares Alves detona culto da Igreja Casa: “Apologia à pedofilia”

O culto vai acontecer neste sábado (13), e recebeu o nome de "Vem Novinha", o que gerou a revolta dos evangélicos.


Fim do período sabático? Volta do Oficina G3 agita a web

Às 15 horas desta sexta-feira (12), a banda irá se pronunciar em suas redes sociais, para acabar com todo o suspense.


Igreja Casa anuncia culto “Vem Novinha” e causa polêmica

O nome do culto está dando o que falar nas redes sociais e causando indignação por parte da comunidade evangélica.