Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Música

Cantor Hélio Borges emociona presidente Bolsonaro e multidão em Natal

Bolsonaro ficou abraçado por alguns minutos com o cantor gospel, em especial na música "Sou um Milagre"

Caio Rangel | Publicado em: 19/07/22 às 9:40
Cantor Hélio Borges emociona presidente Bolsonaro e multidão em Natal
Hélio Borges e Bolsonaro (Reprodução)

O cantor gospel Hélio Borges, emocionou o presidente Jair Bolsonaro (PL), durante a visita do chefe do executivo a Natal (RN).

Ele participou da Marcha com Jesus pela Liberdade, e em cima do trio elétrico, Bolsonaro se emocionou com os louvores entoados por Hélio Borges, com quem ficou abraçado por alguns minutos, em especial na música que dizia: “Aquilo que parecia impossível aquilo que parecia não ter saída mas Jesus mudou minha sorte sou milagre estou aqui”.

Cristão e defensor dos ideias da família brasileira, em seu discurso, Bolsonaro relembrou do atentado que sofreu nas eleições presidenciais de 2018, e enfatizou que sua sobrevivência foi um milagre e atuação “da mão de Deus”.

De acordo com a organização do evento, cerca de 35 mil pessoas pessoas estiveram na Marcha com Jesus pela Liberdade.

 

“Vai Passar” na voz de Eliane Fernandes ultrapassa 200 milhões de views no YouTube

Sucesso gravado anteriormente na voz de Gerson Rufino, a canção segue atemporal e sendo um hit.


Ex-cantora gospel Priscilla Alcantara desabafa: “Odeio esse governo”

A cantora é mais uma celebridade da Rede Globo que faz questão de dizer que não apoia o presidente Jair Bolsonaro.


Damares Alves detona culto da Igreja Casa: “Apologia à pedofilia”

O culto vai acontecer neste sábado (13), e recebeu o nome de "Vem Novinha", o que gerou a revolta dos evangélicos.


Fim do período sabático? Volta do Oficina G3 agita a web

Às 15 horas desta sexta-feira (12), a banda irá se pronunciar em suas redes sociais, para acabar com todo o suspense.


Igreja Casa anuncia culto “Vem Novinha” e causa polêmica

O nome do culto está dando o que falar nas redes sociais e causando indignação por parte da comunidade evangélica.