Pastor

Felipe Heiderich relembra passado com André Vitor: “Foi muito cruel comigo”

O pastor André Vitor foi padrinho do casamento de Felipe com a pastora Bianca Toledo.

Caio Rangel | Publicado em: 28/07/21 às 15:00 Atualizado em 28/07/2021 15:02
Felipe Heiderich relembra passado com André Vitor: “Foi muito cruel comigo”
Felipe Heiderich e André Vitor (Reprodução)

O ex-pastor Felipe Heiderich resolveu se manifestar sobre um dos assuntos que mais tem repercutido no país nos últimos dias. O caso do pastor André Vitor viralizou na internet no início desta semana.

O religioso foi acusado de assédio por vários internautas que interpretaram que ele tocou uma menor de forma indevida em um vídeo publicado pelo cantor Wesley Safadão no domingo (25).

Felipe disse em um vídeo publicado nesta terça-feira (27), em seu Instagram, que André Vitor foi padrinho do seu casamento com a pastora Bianca Toledo, e que quando foi acusado de pedofilia pela sua ex, o pastor foi um dos que virou as costas para ele.

Heiderich revelou que mesmo sendo inocentado pela Justiça, o religioso não quis mais ter nenhuma relação com ele, inclusive continua bloqueado em suas redes sociais e no WhatsApp.

De acordo com Felipe, depois que foi acusado de pedofilia pela sua ex-esposa, a pastora Bianca Toledo, André Vitor não teria lhe dado o direito de se explicar:

“Quando tudo aconteceu, ele foi muito cruel comigo, não me deu a oportunidade do contraditório e mesmo depois que fui absolvido, ele não me pediu perdão. Mesmo sendo um profeta que a priori ouve a voz de Deus”, disse o ex-pastor.

Contudo, mesmo magoado, Felipe acha que está sendo injusto o julgamento contra o pastor André Vitor, e pediu aos seus seguidores para não julgarem o religioso, e sim orarem por ele. Além disso, orou a Deus para livrar Vitor de todo mal.

“Que Deus o ilumine de todo o mal. Porque o que ele está passando, não é nada. Ele não foi preso, não perdeu amigos, o sustento, não foi a própria família que fez isso. Ore por ele para que ele seja forte no dia mal”, disse.

O ex-pastor aproveitou para orientar seus seguidores a não fazerem Justiça sem ter provas, e mandou um recado para André Vitor.

“Primeiro: deixe a justiça ser justa. Segundo: ainda não tem denúncias, calma. Terceiro: Orem pelas crianças vítimas, não pegue ninguém para Judas. Você pode fazer mais uma vítima. Mas orem pelas crianças que tem a voz calada todos os dias”, completou ele.

“Descanse o seu coração puro. Deus não desampara os seus. Ele não desamparou a mim. Não se esqueça que as tribulações vem. Ele nos dá a paz de espírito, mas Ele também disse que iríamos caminhar por vales e sombras da morte. Ele não nos livra da provação, mas estará conosco lá”, finalizou Felipe.

Assista ao vídeo na íntegra.

 

Cantor gospel e pastor Cláudio Claro morre vítima de câncer

Cláudio Claro deixa como legado canções queridas por igrejas de todo o Brasil, como Videira, Pão da Vida, Libertador e Profetiza


Cantora gospel Lydia Moisés revolta seguidores com posts sobre política

Alguns fãs questionaram a cantora e pediram para ela defender o evangelho do mesmo jeito que ela defende o presidente.


Igreja Evangélica elege primeiro bispo transgênero

Nos próximos seis anos, o reverendo de 41 anos, que se identifica como homem e mulher, irá chefiar o Sínodo da ELCA.


Andressa Urach é internada em hospital de Porto Alegre

A modelo foi diagnosticada com uma forte infecção urinária, que já está sendo tratada.


Pastor é morto e enterrado pelo próprio filho de 15 anos

O adolescente e mais dois amigos foram apreendidos pela polícia. O corpo de Jonas dos Santos foi enterrado nesta quinta-feira (16).