Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Brasil

Malafaia perde processo para Felipe Neto: Pastor deverá pagar R$ 24 mil

“vale mais um mau acordo do que uma briga na Justiça”, declarou o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo

Caio Rangel | Publicado em: 27/06/22 às 11:09
Malafaia perde processo para Felipe Neto: Pastor deverá pagar R$ 24 mil
Felipe Neto e Silas Malafaia (Reprodução)

O pastor Silas Malafaia, aceitou um acordo proposto pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), e irá pagar 20 salários mínimos (pouco mais de R$ 24 mil), ao youtuber Felipe Neto, por difamação. O valor será destinado a uma instituição de caridade.

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo era alvo de duas ações por ter ofendido Felipe Neto. Segundo o Metrópoles, o acordo foi feito para evitar uma condenação e estabelece que dez salários mínimos sejam pagos por cada um dos processos.

A primeira ação foi movida em 2019 quando o youtuber comprou cerca de 10 mil exemplares de livros com temática LGBTQIA+, que na época o então prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivela censurou na Bienal do Livro.

A atitude do digital influencer gerou revolta no pastor que publicou um vídeo nas redes sociais dizendo que o youtuber era “bandido” e “canalha” e que queria “distribuir revista com cenas libidinosas”.

Em 2020, Felipe  entrou com nova ação contra Malafaia, após o pastor ter dito em vídeo que o influenciador era “lixo”, “produtor de fake news” e que “pervertia crianças através de seus vídeos”.

O vídeo com as declarações do pastor foram publicados após Felipe Neto participar de um de debate sobre a influência do jovem na política com Luís Roberto Barroso, presidente do TSE.

Malafaia disse ao metrópoles que aceitou o acordo proposto pelo MP para “encerrar a questão” e porque “vale mais um mau acordo do que uma briga na Justiça”.

“O Felipe Neto quis indicar uma entidade de ajuda ao movimento gay, mas isso eu não aceitei. Eu sabia que era o que ele queria e não ia dar isso para ele. Ele queria me desmoralizar e isso eu não aceitaria. Aí o promotor escolheu uma entidade que ajuda as pessoas e que não tem nada a ver com o movimento gay. Essa eu falei que aceitava ajudar. Foi isso”, disse o pastor.

 

“Vai Passar” na voz de Eliane Fernandes ultrapassa 200 milhões de views no YouTube

Sucesso gravado anteriormente na voz de Gerson Rufino, a canção segue atemporal e sendo um hit.


Ex-cantora gospel Priscilla Alcantara desabafa: “Odeio esse governo”

A cantora é mais uma celebridade da Rede Globo que faz questão de dizer que não apoia o presidente Jair Bolsonaro.


Damares Alves detona culto da Igreja Casa: “Apologia à pedofilia”

O culto vai acontecer neste sábado (13), e recebeu o nome de "Vem Novinha", o que gerou a revolta dos evangélicos.


Fim do período sabático? Volta do Oficina G3 agita a web

Às 15 horas desta sexta-feira (12), a banda irá se pronunciar em suas redes sociais, para acabar com todo o suspense.


Igreja Casa anuncia culto “Vem Novinha” e causa polêmica

O nome do culto está dando o que falar nas redes sociais e causando indignação por parte da comunidade evangélica.