Se torne assinante premium e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
 
Brasil

Mais de R$ 1,7 milhão em emendas foi destinado à Marcha para Jesus de SP

A Marcha para Jesus é organizada pela Igreja Renascer em Cristo há 30 anos e reúne milhares de evangélicos.

Caio Rangel | Publicado em: 11/07/22 às 11:08 Atualizado em 11/07/2022 11:12
Mais de R$ 1,7 milhão em emendas foi destinado à Marcha para Jesus de SP
Marcha para Jesus (Reprodução)

A Marcha para Jesus, que aconteceu no último sábado (9/07), em São Paulo, reuniu milhares de evangélicos e também contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL) e o seu ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos), pré-candidato ao governo de SP.

De acordo com a Folha de S. Paulo, o evento recebeu R$ 1,7 milhão em emendas de vereadores paulistanos para esta edição de 2022. O vereador João Jorge (PSDB) destinou R$ 1 milhão, e o Missionário José Olímpio (PL), R$ 710 mil.

Esse modo de pagamento de eventos públicos através de emendas passou a ser questionado depois que as redes bolsonaristas divulgaram que a apresentação de Daniela Mercury, no evento de 1º de Maio das centrais sindicais, que contou com a presença de Lula (PT), foi financiada dessa forma.

A pré-candidata à presidência da República pelo MDB, senadora Simone Tebet, também participou do evento, ao lado do prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes, do mesmo partido.

Já o atual governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), pré-candidato à reeleição, apareceu apenas no final da tarde. Ele fez um breve discurso no intervalo entre as atrações musicais.

 

“Vai Passar” na voz de Eliane Fernandes ultrapassa 200 milhões de views no YouTube

Sucesso gravado anteriormente na voz de Gerson Rufino, a canção segue atemporal e sendo um hit.


Ex-cantora gospel Priscilla Alcantara desabafa: “Odeio esse governo”

A cantora é mais uma celebridade da Rede Globo que faz questão de dizer que não apoia o presidente Jair Bolsonaro.


Damares Alves detona culto da Igreja Casa: “Apologia à pedofilia”

O culto vai acontecer neste sábado (13), e recebeu o nome de "Vem Novinha", o que gerou a revolta dos evangélicos.


Fim do período sabático? Volta do Oficina G3 agita a web

Às 15 horas desta sexta-feira (12), a banda irá se pronunciar em suas redes sociais, para acabar com todo o suspense.


Igreja Casa anuncia culto “Vem Novinha” e causa polêmica

O nome do culto está dando o que falar nas redes sociais e causando indignação por parte da comunidade evangélica.