Deputado Marco Feliciano é expulso do partido por apoiar Bolsonaro

Feliciano disse que ser expulso do partido por apoiar Bolsonaro é motivo de orgulho


6 meses atrás | Caio Rangel



Marco Feliciano e Bolsonaro (Reprodução)

Nessa segunda-feira (6), a Executiva Nacional do Podemos decidiu por unanimidade expulsar o pastor e deputado federal (SP) Marco Feliciano do partido. O argumento do diretório nacional foi acolhido pelo colegiado, que acusou o parlamentar de infidelidade partidária pelo apoia à campanha de Jair Bolsonaro para presidência em 2018.

O Podemos alega que é um partido independente, e na eleição de 2018 lançou como candidato o senador Alvaro Dias (PR), que é o atual presidente nacional da legenda. Feliciano disse em uma de suas redes sociais que ser expulso por apoiar Bolsonaro para ele é motivo de orgulho.

+ Netflix entra na mira dos muçulmanos por causa da série Messiah

O partido acusou o parlamentar de infidelidade partidária e “violação moral ética”. Entretanto, a executiva nacional derrubou essa acusação, mas manteve o entendimento de infidelidade.

Em caso de expulsão definida pelo partido, o parlamentar tem o direito a permanecer no mandato, esse é o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Diante disso, Feliciano poderá seguir como deputado sem partido ou se filiar a uma outra legenda.

Através das redes sociais Marco Feliciano ressaltou que o motivo de sua expulsão foi a campanha para Bolsonaro em 2018, e que “qualquer outro motivo é fake news”.

+ Multidão canta música “Raridade” e jovem desiste de se jogar de prédio

“Por fim, reafirmo aqui que para mim é motivo de orgulho ser expulso do Podemos por defender o presidente Bolsonaro, que está mudando o país para melhor”, disse o parlamentar, que poderá se juntar ao novo partido do presidente.




publicidade

Mais artigos

Pastor contrata ladrões para assaltar Igreja Mundial de Valdemiro Santiago

Os militares conseguiram recuperar quase toda quantia levada, cerca de R$ 32 mil


Cantora gospel Fernanda Brum troca MK pela Sony Music

Fernanda permaneceu por cerca de 25 anos na MK Music


Professora é investigada por dizer que homossexualidade é “pecado”

Ela fazia uma leitura do conceito de heteronormatividade, criado por Michael Warner em 1991, que se refere à homossexualidade como “desvio”, “crime”, “aberração”, “doença”, “perversão”, “imoralidade” e “pecado”


Cantor Samuel da dupla “Daniel e Samuel” deixa UTI após sete dias internado

No último dia 7 de julho, o cantor  sofreu um infarto e precisou passar por um procedimento de emergência


Pastor é preso suspeito de cometer abusos sexuais

O religioso teria assediado várias fiéis, incluindo duas adolescentes


Andressa Urach critica cantoras famosas e anuncia seu novo single

Urach se tornou evangélica em 2015, e está prestes a ingressar no ramo da música


Morre com Covid-19 mais um pastor da Assembleia de Deus

O pastor Derly da Silva tinha 53 anos e estava internado há mais de um mês


Yvelise de Oliveira toma atitude inesperada após separação de Elaine de jesus

A empresária Yvelise de Oliveira é dona da MK, gravadora da cantora Elaine de Jesus,


Filho caçula de Eyshila ironiza e pede oração para ganhar acessórios de drag queen

Caso você queira incluir esses detalhes na sua lista de oração. Agradeço, disse Lucas Oliveira a uma seguidora


Terror: Homem invade igreja atira contra quatro pessoas e se mata

Ele chegou na igreja conturbado e disse havia feito uma bobagem