Deputado Marco Feliciano comenta sobre prisão de Patrícia Lélis nos EUA

Patrícia foi presa em 20 de dezembro de 2019, e pode ser condenada a 1 ano de prisão por “falsa comunicação de crime”


8 meses atrás | Caio Rangel



Marco Feliciano (Reprodução)

O pastor e deputado federal Marco Feliciano comentou sobre a prisão da jornalista Patrícia Lélis no EUA. A jovem acusou o parlamentar injustamente em 2016 de agressão e tentativa de estupro.

Em entrevista exclusiva ao O Fuxico Gospel, o deputado respondeu algumas perguntas e emitiu sua opinião sobre a nova polêmica que Patrícia se envolveu.

Questionado sobre as acusações que sofreu de Patrícia, o deputado disse que pagou um preço muito alto por todas as calúnias. Feliciano ressaltou que sua família foi machucada e sua reputação maculada. Além disso, viu a desconfiança das pessoas que lhe conhecia mais de perto.

Entretanto, o parlamentar compartilhou uma frase do seu amigo e também deputado federal Abílio Santana, que disse que o “mal por si só se destrói”.

+ Igreja evangélica pede R$ 1 bilhão de indenização em processo ao Porta dos Fundos

O pastor explicou o porquê que na eleição de 2018 teve 150 mil votos a menos se comparado com a eleição de 2014. Feliciano confirmou que as polêmicas acusações de Patrícia influenciaram muito nessa diferença. Além disso, as afirmações do Cabo Daciolo em dizer que ele era maçom tiveram grande influência negativa nas urnas.

O deputado foi indagado se ele acreditava que Patrícia Lélis poderia mudar, ele respondeu que sim, porém deixou claro que a mudança só acontece com quem reconhece o erro e busca ajuda.

“Eu oro por ela, é uma pessoa que precisa muita de ajuda, imagine que agora o crime de perjura que ela cometeu nos Estados Unidos é muito, muito grave. Aqui no Brasil a Justiça condenou ela a me pagar uma indenização de R$ 100 mil reais por danos morais. Em São Paulo o Ministério Público num outro processo pediu a prisão dela, e ela sumiu, foi embora para os Estados Unidos. Que sirva de lição, quer crescer na vida? estude, trabalhe, fique no centro da vontade de Deus, essa moça no intuito de querer fama a qualquer custo tentou destruir a vida de várias pessoas dentre elas, a vida do filho do Presidente da República Eduardo Bolsonaro”.

Patrícia Lélis foi presa no estado americano da Virgínia em 20 de dezembro de 2019 e solta em no dia 23, sob o compromisso de se fugir ser presa sem fiança.

+ Daniel Araújo satiriza áudios polêmicos em novo episódio do Paxtorzão

O julgamento está marcado para maio e a acusação é a mesma que a moça faz carreira no Brasil, “falsa comunicação de crime”. Se condenada a pena pode ser de 1 ano de cadeia, ou multa de cerca de USD 2.500 ou combinação dos dois.

Assista na íntegra a entrevista do deputado Marco Feliciano.




publicidade

Mais artigos

Agenor Duque em Israel

Aos fiéis, o apóstolo gravou um vídeo antes de embarcar.


Fernanda Brum e Novo Som farão live juntos nesta sexta; Veja como assistir

O evento Celebrando a Vida, capitaneado pelo empresário Doninha, já virou um dos principais eventos gospel durante a pandemia causada pelo novo Coronavírus


Mundo das lives: Entenda o que está por trás das lives gospel

Um dos líderes no cenário, é o empresário Doninha, que já atua a mais de 20 anos no segmento gospel


Xuxa posta foto de animal sangrando, e pastor detona; “hipócrita”

Às gargalhada, o pastor Wesley Ros mostrou uma enorme incoerência no discurso da "Rainha dos Baixinhos"


Depressão? Whindersson Nunes diz que tem “saudade de ser feliz” e assusta seguidores

"Eu tenho saudade de quando eu era feliz o dia inteiro." escreveu o artista.


Mulher é espancada por pastor dentro da igreja no culto de domingo

Após a confusão o pastor fugiu e a polícia está a sua procura. Ele excluiu seus perfis nas redes sociais do ar.


Fernanda Brum desabafa sobre homossexuais na igreja

A resposta de Fernanda, que é acompanhada pelo marido, o também pastor e produtor musical Emerson Pinheiro, é bem diferente do que pensa o cantor André Valadão.


Depois de falar de Jesus, Jojo Todynho canta ponto de Pomba Gira em “A Fazenda”

Se chocou evangélicos, agradou a membros de religiões de matrizes africanas.


É mole? Flordelis pode ganhar R$2 milhões com história da morte do marido

Uma produtora americana teria oferecido U$$ 400 mil dólares pela história


A dura punição da Deus é Amor contra o pastor que agrediu a esposa ao vivo

Em um vídeo, o pastor David Miranda Neto falou sobre o caso, e reforçou o repúdio ao que fez o tal pastor.